Google e Microsoft firmam "acordo de paz"

Por Redação | 22 de Abril de 2016 às 14h55

A Microsoft e o Google divulgaram nesta sexta-feira (22) que chegaram a um acordo no qual ambas irão deixar de lado ações regulatórias pendentes uma contra a outra em todo o mundo. Elas também concordaram em trabalhar juntas para resolver qualquer problema que possa surgir futuramente entre elas antes de recorrer à terceiros.

Um representante da Microsoft disse ao portal Re/code que a medida por parte da empresa fundada por Bill Gates se deve a mudanças nas prioridades legais da companhia, com o foco permanecendo nos produtos e mercado consumidor.

O Google também tomou posição parecida, afirmando que o fim dos processos legais foi feito para que a companhia continue competindo e ganhando consumidores pela qualidade de seus produtos ao invés de disputas judiciais.

Uma questão interessante, porém, é que essa resolução das empresas acontece depois que reguladores europeus afirmaram que o Google está abusando de sua posição no mercado Android. De qualquer forma, fontes internas disseram que esse acordo entre Google e Microsoft já estava sendo planejado há algum tempo.

O relacionamento entre os atuais CEOs de ambas as empresas, Sundar Pichai da Google e Satya Nadella da Microsoft, também é muito mais amigável do que o relacionamento dos antigos CEOs Steve Ballmer e Eric Schmidt.

Agora só resta saber quanto tempo o período de paz entre as empresas irá durar.

Via Re/code