Patente mostra computador modular da Microsoft

Por Redação | 15.02.2016 às 15:21

A ideia de computadores modulares não é completamente nova, mas ainda precisa ganhar espaço para se tornar aquilo que promete ser. Contudo, uma nova patente da Microsoft pode ajudar o conceito a se desenvolver, principalmente ao mostrar que é possível fazer um PC "desmontável" em que o usuário pode colocar e retirar componentes de acordo com aquilo que preferir e de maneira bem simplificada. Para quem sofre só de pensar em atualizar algo na sua máquina, essa é uma novidade mais do que bem-vinda.

O registro da patente foi feito em julho de 2015, mas só foi publicado oficialmente na última semana. O que mais chama a atenção é que um dos autores do conceito é Tim Escolin, designer industrial sênior da companhia e responsável pela equipe do Surface e seus acessórios – o que pode ser um forte indicativo de que os equipamentos modulares podem ser o próximo passo da Microsoft para sua mais nova linha de produtos.

O mais interessante nesse projeto é a simplicidade como tudo é feito. Como o site Venture Beat relembra, conceitualmente, um computador já é modular no sentido em que o usuário pode colocar e remover peças a qualquer momento. A diferença, contudo, está no modo como isso é feito. De acordo com a patente, essas alterações são muito mais simples e acessíveis. A ideia é fazer com que qualquer pessoa possa mesmo mexer no hardware, sem depender de tutoriais ou de ligar para aquele primo que "entende de computador". Com encaixes magnéticos, basta aproximar as estruturas e pronto.

Computador modular microsoft
Computador modular microsoft

De acordo com o texto do registro, o plano é fazer com que a montagem desses PCs modulares seja algo bem intuitivo até mesmo para quem não possui um conhecimento detalhado de hardware. Além disso, a patente ainda aponta a presença de uma tela – algo que outros computadores do gênero não incluem – , além de bateria removível, processador, placa gráfica, memória e até um componente de reconhecimento gestual ou unidade de projeção holográfica. Será que a ideia é trazer o HoloLens para os computadores quase que nativamente?

De qualquer forma, uma patente não é sinônimo de um novo produto e pode ser que jamais vejamos essas ideias saírem do papel. Contudo, a ideia de dispositivos modulares é algo que interessa à Microsoft, como o controle Elite do Xbox One já aponta. Assim, na tentativa de tornar a informática mais acessível para muita gente e ampliar ainda mais sua base de usuários nos PCs, não seria nada estranho vermos algo nesse sentido aparecendo no futuro.

Via: Venture Beat