Patente da Apple prevê uso de 'fluidos ativos' ao invés de placas de circuito

Por Sérgio Oliveira | 22 de Setembro de 2016 às 08h17

O escritório de patentes e marcas registradas dos Estados Unidos divulgou nesta quinta-feira (21) registros que indicam que a Apple pode estar trabalhando em uma nova tecnologia que utiliza "Estruturas transparentes preenchidas por fluidos elétricos ativos" que "respondem a uma voltagem aplicada".

O nome complicado, na realidade, significa que a empresa está pensando em substituir os circuitos por um fluido condutor elétrico nas cavidades de seus dispositivos. Dessa forma, seria possível criar gadgets totalmente flexíveis, já que seus componentes ficariam submersos nesse fluido e não precisariam necessariamente de uma placa de circuito.

Na patente, a Apple fala especificamente da aplicação dessa tecnologia em dispositivos vestíveis, como smartwatches. A ideia, pelo que se pode observar nas figuras esquemáticas, é aproveitar toda a extensão da pulseira do Watch para também torná-la inteligente. Graças a essa nova tecnologia de nome complicado, os engenheiros de Cupertino poderiam, por exemplo, distribuir vários sensores na pulseira e fazê-los se comunicar entre si graças ao tal fluido.

Com a adoção de fluidos ativos, Cupertino poderia transformar as pulseiras do Watch em inteligentes, com direito a display transparente e tudo

Com a adoção de fluidos ativos, Cupertino poderia transformar as pulseiras do Watch em inteligentes, com direito a display transparente e tudo (Imagem: Reprodução / Apple Insider)

A empresa também prevê que seja possível utilizar uma espécie de tinta condutiva, que poderia ser empregada em estruturas flexíveis transparentes para exibir informações aos usuários mediante a mudança de cor - seria como se a pulseira do Watch também pudesse se tornar num display secundário.

Não se sabe exatamente no que a Apple está trabalhando para ter registrado a tal patente, mas é bom alertar que nem sempre esses documentos significam que a empresa está de fato com algo concreto em mãos. Portanto, é possível que jamais vejamos esse conceito digno de filme sci-fi no mercado - o que seria uma pena.

Via Apple Insider

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.