Patente da Apple mostra caneta que pode capturar a textura dos objetos

Por Redação | 08.08.2015 às 14:25

A Apple registrou a patente para uma caneta capaz de capturar a aparência e a sensação de textura de uma superfície, como um quadro, por exemplo. O documento descreve uma caneta com imagens de sensores que podem sentir os atributos físicos de qualquer superfície pela qual ela passar.

De acordo com o documento, a superfície pode ser detectada por uma lente localizada na ponta da caneta e ter sua imagem capturada por uma câmera que fica no interior do dispositivo. Os dados poderiam ser armazenados na própria caneta, ou então transferidos para um tablet ou computador emparelhado com o aparelho.

Patente Apple

No segundo caso, os dados seriam utilizados em um aplicativo de pintura, o que significa que um artista ou designer gráfico poderiam incorporar essa superfície capturada a algum projeto. Basicamente, a caneta permitiria registrar cada detalhe de uma escultura ou pintura, como uma espécie de mapeamento 3D, e transferi-los para um computador.

O dispositivo também poderia ser usado para fornecer um feedback tátil de um objeto para outro aparelho equipado com uma espécie de "rumble pack", o acessório produzido pela Nintendo que é acoplado ao controle de videogames para produzir vibrações. Essa tecnologia poderia ser utilizada por empresas de e-commerce, a fim de oferecer aos consumidores uma forma de sentir a textura de uma roupa ou objeto durante sua venda online.

Patente Apple

Apesar do conceito ser muito interessante – digno de filmes de ficção científica – é importante lembrar que o registro de uma patente não é sinônimo da criação de um produto real, ou mesmo de um simples protótipo. Empresas como a Apple costumam registrar todas as suas ideias (até mesmo as mais malucas) com o objetivo de se proteger em futuros processo relacionados à infração de patentes.

Fonte: Business Insider