Os principais destaques para devs do 1º dia da Microsoft Build 2017

Por Redação | 10.05.2017 às 19:23 - atualizado em 11.05.2017 às 06:55

O primeiro dia da Microsoft Build 2017, em Seattle, foi marcado por diversas novidades para os desenvolvedores. Mostrando ao público o alcance do trabalho desenvolvido, o CEO da companhia, Satya Nadella, anunciou que 500 milhões de dispositivos já estão rodando o Windows 10, dado importante para conquistar a empatia dos profissionais. O executivo explicou, ainda, que o Windows, junto do Microsoft Office e Microsoft Azure, têm um alcance de 1 bilhão de oportunidades.

Além dos números bastante positivos, a gigante da tecnologia apresentou novos serviços de nuvem e dados Azure, propondo a rápida modernização dos aplicativos atuais. As mais recentes ferramentas, baseadas em Inteligência Artificial, também permitem maior facilidade para a criação de apps inteligentes. “Em um mundo de poder de computação quase infinito e crescimento exponencial de dados, estamos concentrados em capacitar cada desenvolvedor para construir aplicativos para esta nova era de nuvem inteligente e edge inteligente”, comemorou Satya Nadella.

Com tantas propostas e serviços, as apresentações desta quarta-feira (10) mostraram aos desenvolvedores um pouco do que a Microsoft oferecerá a partir de agora. Saiba os principais destaques:

  • Buscando inteligências da nuvem ao Edge

    Com a sobrecarga de dados, a Microsoft está apostando em inovações para auxiliar na organização de cada usuário. Para isso, a companhia apresentou um preview do Azure IoT Edge, estendendo a inteligência da nuvem para dispositivos Edge; extenções para o Microsoft Graph; e novas tecnologias que permitem ao usuário interagir com o mundo físico da mesma maneira que faz no mundo digital. Tudo isso, segundo a gigante da tecnologia, garantindo segurança e privacidade.

  • Ferramentas para diferentes plataformas e dispositivos

    Pensando na modernização dos aplicativos, a Microsoft também anunciou aos desenvolvedores novas ferramentas para o Microsoft Azure e Visual Studio. Entre as novidades está o Azure Cosmos DB, que abastace serviços de nuvem em escala global desde computação móvel, IoT, até inteligência artificial. De acordo com a apresentação, esse é o primeiro serviço de banco de dados distribuído globalmente com latência de milissegundos a 99%. A companhia explicou que os profissionais poderão contar com o único serviço de banco de dados schema-free, com suporte para APIs NoSQL.

    Outra novidade está relacionada aos novos serviços de gerenciamento MySQL e PostgreSQL, que, juntos ao Azure SQL Database, oferece aos desenvolvedores maior flexibilidade para a plataforma. Sobre o assunto, a Microsoft mostrou algumas melhorias, como um preview de Instância Gerenciada, oferecendo aos usuários do SQL Server compatibilidade para a migração de apps SQL Server para o Azure SQL Database; disponibilidade de Detecção de Ameaças e prévia do suporte ao Graph; além da expansão geral do Visual Studio 2017 para Mac a partir de agora.

  • Conexão entre desenvolvedores e clientes do Office 365

    Durante a apresentação, a Microsoft afirmou que o Office 365 já conta com mais de 100 milhões de usuários comerciais ativos em todo o mundo. Por isso, a companhia resolveu investir em novas soluções que visam conectar de forma ainda mais eficaz os desenvolvedores com os usuários. Segundo a companhia liderada por Satya Nadella, a partir de agora qualquer desenvolvedor poderá publicar para o Microsoft Teams, um novo espaço de trabalho baseado em chat. Outra novidade foi a disponibilidade para desenvolvedores das novas Microsoft Graph APIs, incluindo para SharePoint e Planner, auxiliando os profissionais a criar aplicativos mais inteligentes e conectados.

  • Ampliação de Inteligência Artificial

    Tendência entre as gigantes da tecnologia, a Microsoft mostrou suas ideias para a ampliação da inteligência artificial, trabalhando com a combinação da nuvem com a IA. As novas soluções para os desenvolvedores incluem inovações de plataformas na Microsoft Bot Framework, serviços cognitivos e o aumento do uso da IA nos produtos e serviços da companhia.

    Pensando na expansão desse tipo de tecnologia, a Microsoft agora conta com 29 serviços cognitivos - que permitem personalização. Com isso, os desenvolvedores poderão trabalhar com capacidades personalizadas ou padronizadas pela empresa, incluindo visão, fala, busca, entre outros. De acordo com as divulgações feitas durante o evento, os novos serviços incluem Bing Custom Services, Custom Vision Service, Custom Decision Service e Video Indexer. Ainda sobre o assunto, a Microsoft demonstrou um novo add-in do PowerPoint que permite a tradução em tempo real das apresentações em diversos idiomas.

    O investimento em inteligência artificial também pode ser visto pelo Bot Framework, onde os desenvolvedores terão a possibilidade de publicar em novas plataformas, como Bing, Cortana e Skype for Business, implementando, também, a API de requisição de pagamentos para a efetuação de compras rápidas em seus bots.

    Anunciado em preview público, os desenvolvedores agora também podem colocar em prática novas habilidades a partir do Cortana Skills Kit, por enquanto apenas nos Estados Unidos. Também foi apresentado o Invoke, alto-falante inteligente integrado com a Cortana, além de reveladas parcerias com a HP e a Intel.

A Build 2017 continuará apresentando novidades até a próxima sexta-feira (12). Acompanhe o Canaltech para ficar por dentro de todos os lançamentos!

Quer conferir todos os detalhes do que aconteceu hoje? Assista ao vídeo em inglês.

Fonte: Microsoft