Oculus compra InfiniLED, uma statup que faz displays LED de baixa potência

Por Redação | 14 de Outubro de 2016 às 18h06

A Oculus, empresa de realidade virtual subsidiária do Facebook, comprou a startup irlandesa InfiniLED, especializada em displays de LED de baixa potência. Os termos do negócio não foram divulgados.

Fundada em meados de 2010, a InfiniLED foi criada dentro de um centro de pesquisas da Universidade College Cork e é especializada em uma tecnologia chamada Display LED inorgânico. O principal destaque dessas telas é sua baixa potência, que permite uma redução considerável no consumo de energia dos gadgets.

Trata-se de uma variante da tecnologia do LED tradicional, porém, de acordo com o site da startup, o display é alimentado por milhões de minúsculos chips de LED, cada um com cerca de um décimo de largura de um fio de cabelo humano, que são montados em circuitos eletrônicos.

Considerando que a startup tem menos de 20 funcionários, é provável que a Oculus tenha optado pela aquisição devido à equipe de engenharia da InfiniLED, e não necessariamente para tentar comercializar a sua atual tecnologia.

O investimento na renovação da equipe da Oculus indica ainda que empresa está buscando maneiras não só de aumentar a eficiência dos seus próprios headsets, mas também reduzir os seus custos. O Facebook adquiriu a Oculus por cerca de US$ 2 bilhões em 2014 e, desde então, a subsidiária tem feito uma série de aquisições para melhorar seu produto e serviços relacionados à realidade virtual.

Via Fortune

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.