O futuro da tecnologia são as pessoas

Por Boris Kuszka
photo_camera dotshock

A educação é a principal ferramenta que qualquer profissional pode dispor para crescer em sua carreira e também em seus relacionamentos interpessoais. O conhecimento é algo adquirido para o resto da vida, é sempre incrementado e responsável pela inovação em diversos setores, especialmente a tecnologia.

Quando entendemos a importância de estarmos atualizados com o mercado, e nos preparamos para isso, é que, de certa forma, “portas são abertas”. Porém, se qualificar e acompanhar uma constante e ágil evolução tecnológica são os principais desafios dos profissionais, ou futuros profissionais de TI.

Certamente um profissional formado 5 anos atrás está trabalhando com alguma tecnologia que não fez parte da grade curricular do curso de TI, ou mesmo das aulas práticas nos laboratórios. Alguns exemplos são: DevOps e Cloud Computing (OpenStack), que lideram as listas de demandas e que em comum possuem as características de terem sido desenvolvidas em comunidades Open Source.

O lado positivo dessa evolução tecnológica é que o número de oportunidades geradas é proporcional aos desafios de atualização profissional. Recentemente a Linux Foundation, que é um consórcio de empresas que trabalham para fomentar o desenvolvimento do sistema operacional Linux e a filosofia Open Source, publicou um estudo onde apresenta os perfis de profissionais mais procurados pelos gerentes de recursos humanos das empresas de TI.

Dentre os resultados, destaco que 87% das empresas estão enfrentando dificuldades para encontrar profissionais que conheçam tecnologias Open Source, 51% das empresas buscam profissionais com conhecimento na tecnologia de Cloud Computing e 58% buscam profissionais que conheçam DevOps.

Conforme apresentado no artigo anterior, “A importância da atualização em Tecnologia”, a opção mais buscada pelos profissionais de TI para se manterem atualizados em relação às demandas do mercado é a realização de cursos e certificações nessas tecnologias emergentes.

Porém, para os alunos e professores de cursos de tecnologia nas instituições de ensino, a principal iniciativa é a adoção de programas acadêmicos para serem ministrados paralelamente à grade curricular científica, que é definida e aprovada pelo MEC. Dessa maneira, integrando conhecimentos teórico/científico e prático.

Sabemos que há várias empresas que atualmente possuem programas acadêmicos com o objetivo de divulgar a sua marca dentro de uma universidade, construindo laboratórios ou fornecendo seus softwares. Mas acredito que uma empresa ciente de seu papel na sociedade deve, de fato, incentivar o crescimento técnico e profissional dos alunos e professores, promovendo pensamentos críticos, de inovação e, principalmente, de colaboração.

A Red Hat, cujo o DNA da empresa é a inovação baseada no trabalho colaborativo e a troca de conhecimento, deu este pontapé inicial, promovendo cursos em parceria com as universidades para contribuir no processo de formação dos alunos e prepará-los para as novas demandas do mercado.

Com este pensamento, focado no conteúdo, a Red Hat global criou um programa chamado Red Hat Academy, fornecendo palestras, webinars e todo o conteúdo (apostilas, instaladores e laboratórios) para os cursos de Cloud Computing, desenvolvimento de software, administração do Red Hat Enterprise Linux e Administração Jboss EAP. Dessa forma, provendo conteúdo aos professores que pode ser adotados tanto em disciplinas da grade curricular quanto em cursos extras curriculares.

E aqui vai a boa notícia: o programa está se expandindo na América Latina. Segundo Wellington Lopes, Business Development Manager da Red Hat, há uma reestruturação local e já foram iniciados os contatos com diversas universidades na região. Esta é uma grande oportunidade para atrelar a formação do aluno à vasta comunidade open source.

A empresa disponibilizou um site totalmente público para que qualquer pessoa, seja estudante, professor ou um desenvolvedor de TI, possa baixar exatamente as mesmas soluções que entregamos aos nossos parceiros e clientes. A ideia deste compartilhamento é que o interessado tenha acesso ao nosso material, conheça as soluções e desenvolva projetos inovadores desde que, claro, não seja para fins comerciais, pois para isso existe a opção enterprise de subscrição.

O mercado de TI é dinâmico e inovador. Por isso que procurar um conteúdo que te auxilie a acompanhar a transformação digital é de extrema importância. Afinal, nosso papel é contribuir ainda mais positivamente para o futuro e evolução da tecnologia com técnicas aplicáveis para todas as áreas.