Nubank quer atrair mais clientes com novo aporte de US$ 80 milhões

Por Redação | 08.12.2016 às 17:27

O Nubank, cartão de crédito sem taxas e operado diretamente pelo celular, recebeu um novo investimento de US$ 80 milhões em uma rodada de financiamento liderada pelo DST Global, fundo que atua só em empresas de internet. O investimento no Nubank é o primeiro da companhia na América do Sul.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o CEO do Nubank, David Vélez, afirmou que, com o dinheiro levantado, a empresa pretende continuar crescendo e conquistar novos clientes. A ideia é melhorar o aplicativo e aumentar o quadro de funcionários para conseguir analisar mais pedidos feitos pelos seus cartões de crédito.

Estima-se que a startup brasileira está chegando a um valor de mercado próximo a US$ 1 bilhão. Na linguagem usada pelo Vale do Silício, quando bater essa marca, o Nubank vai ser considerado um “unicórnio”. Oficialmente, a empresa não comenta ou confirma seu valor de mercado.

Há dois anos no mercado, o Nubank era, até outubro, uma empresa pioneira e mais ou menos estava operando praticamente sem concorrência. Em novembro, outros que buscam rivalizar a startup entraram em jogo incluindo o Digio, serviço de pagamento digital criado por dois dos grandes bancos do país: Bradesco e Banco do Brasil.

Fonte: Gizmodo e Folha de S.Paulo