Nubank chega a 25 milhões de clientes na América Latina

Por Felipe Demartini | 05 de Junho de 2020 às 11h00
Nubank
Tudo sobre

Nubank

Saiba tudo sobre Nubank

Ver mais

O Nubank chegou nesta semana à marca de 25 milhões de clientes na América Latina, sendo que a esmagadora maioria deles está no Brasil. O resultado vem para solidificar ainda mais a posição da fintech como o maior banco digital independente do mundo e acompanha outro dado que foi comemorado pela companhia: a média de 42 mil novos clientes cadastrados por dia ao longo do primeiro trimestre de 2020.

O movimento de expansão é extremamente veloz, com mais de 10 milhões de usuários adicionados à carteira da empresa desde outubro de 2019, quando ela anunciou ter chegado à marca de 15 milhões de clientes. A expectativa, claro, é bater novos recordes até o final do ano, principalmente com a recente chegada ao México, primeiro país além do Brasil a receber o Nubank, em março.

Comentando o recorde, o CEO David Vélez afirmou que a grande ideia por trás da fintech é a reinvenção da forma como as pessoas utilizam e se relacionam com serviços financeiros. “Queremos dar o controle sobre o próprio dinheiro de volta a eles”, completou o executivo, em uma declaração que é apoiada por números apresentados pelo Nubank e seu foco em pessoas não-bancarizadas.

De acordo com os dados da companhia, 20% dos clientes atuais nunca tiveram um cartão de crédito na vida, enquanto 80% dos cadastros realizados são espontâneos e não utilizam links de convite. O fato de muitos dos serviços do Nubank serem gratuitos ou isentos de tarifas ajuda bastante nesse movimento, principalmente entre a população de baixa renda.

Os números também levaram o Nubank a grandes rodadas de investimentos. Na mais recente, anunciada em julho de 2019, a empresa levantou US$ 400 milhões, chegando a uma avaliação de US$ 10 bilhões e tendo ao seu lado empresas como Sequoia Capital, Dragoneer, TCV e Tencent. Em 2020, a fintech também comemora seu sétimo aniversário, com expectativa de novos números recordistas até o final do ano.

Fonte: Fintech Ranking

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.