Novos processadores da Samsung têm especificações vazadas

Por Redação | 20 de Outubro de 2015 às 09h23

A enchente de novos smartphones da Samsung finalmente chegou ao fim. Contudo, isso não significa que a rodinha dos rumores está parada - muito pelo contrário. Com o fim do ano se aproximando, cada vez mais surgem especulações sobre o próximo grande lançamento da fabricante, o Galaxy S7.

Ainda não há nenhuma informação oficial sobre o aparelho, mas a expectativa é que ele seja anunciado no começo do ano que vem, mais provavelmente durante a Mobile World Congress 2016, que acontece no final de fevereiro. Até lá, a internet vai fazendo suas apostas e alguns supostos vazamentos já dão conta do processador que vai dar poder de fogo ao top de linha sul-coreano.

E se a imagem vazada na rede social chinesa Weibo estiver correta, no próximo ano veremos mais uma vez a Samsung apostando em um chip próprio, dispensando parcerias com a Qualcomm e MediaTek. Numa suposta captura de tela divulgada nesta segunda-feira (19), aparentemente a empresa está trabalhando nos novos Exynos 7880 e 7650.

Imagem de suposto teste de benchmark revela especificações dos novos processadores mobile da Samsung que podem equipar aparelhos de médio e grande porte

Imagem de suposto teste de benchmark revela especificações dos novos processadores mobile da Samsung que podem equipar aparelhos de médio e grande porte (Imagem: Reprodução / Weibo)

A diferença entre os dois é mínima, com o 7650 vindo núcleos Cortex A72 e Cortex A53 rodando a, respectivamente, 1,7 GHz e 1,3 GHz. Além disso, o chip processador também conta com GPU ARM Mali-T860MP3 de 700 MHz e arquitetura 64-bit. O 7880, por outro lado, é um pouco mais robusto e traz consigo núcleos Cortex A72 de 1,8 GHz e Cortex A53 de 1,3 GHz. A placa gráfica possui a mesma frequência do irmão, embora seja do modelo Mali-T860MP4.

Apesar das configurações robustas, o pessoal do SamMobile, portal especializado no universo mobile da Samsung, acredita que os processadores serão utilizados em smartphones de médio para grande porte, ficando os top de linha nas mãos do modelo Exynos 8890, que também está em desenvolvimento.

De um jeito ou de outro, vai ser interessante ver como o mercado de SoCs reagirá com a Samsung cada vez mais apostando na fabricação própria de chips. Qualcomm e MediaTek continuam como as grandes fornecedoras dos componentes, mas a cada ano parecem mais incomodadas com a decisão da sul-coreana. É esperar para ver no que vai dar.

Fonte: Weibo via SamMobile

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.