Novos iMacs podem chegar ao mercado nos próximos meses

Por Redação | 03.08.2015 às 11:22

De todas as linhas de produtos da Apple, o iMac é o que está há mais tempo sem uma atualização. A empresa tem modelos de seus computadores cuja última atualização foi em setembro de 2013, mas de acordo com informações não confirmadas reveladas nesta semana, isso está prestes a mudar, e ainda neste trimestre, quando versões atualizadas dos equipamentos devem chegar ao mercado.

Os rumores são de Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities, que afirma que a Maçã está preparando um upgrade para os modelos já existentes no mercado. Em termos de design, nada muda, mas os aparelhos podem chegar às lojas com processadores mais potentes e uma melhoria na saturação de cor, dando uma qualidade muito maior às já bonitas imagens exibidas pelo display.

A melhoria teria sido atingida pelo uso de um novo material nas telas de LED dos produtos. O KSF, como é chamado, permitiu que a qualidade de exibição de cor fosse incrementada de forma bastante perceptível, o que, por si só, motivou a empresa a investir em uma nova linha. Aparentemente, a novidade deve aparecer em toda a categoria de equipamentos, mesmo os com tela menor, de 21,5 polegadas.

No campo dos processadores, a mudança deve vir com a adoção da linha Broadwell de processadores, fornecida pela Intel. Com um processo de fabricação de 14 nanômetros, os componentes trazem maior capacidade de processamento e melhoram a execução de softwares visuais, como jogos ou programas de edição de vídeo, por exemplo. Além disso, numa ideia que parece mais vantajosa em um notebook do que em um desktop, trazem também uma maior eficiência energética, fazendo mais com menos eletricidade.

Outros boatos também podem ser inseridos aqui, como por exemplo a inclusão de uma porta USB tipo C, como a que já aparece nos MacBooks, ou quem sabe um aumento de resolução nos modelos com tela maior. A linha com displays de 21,5 polegadas, por exemplo, ainda não conta com a categorização Retina, algo que pode mudar agora.

Segundo Kuo, a ideia de lançar novos equipamentos agora teria a ver com o reflexo das compras de volta às aulas. Na mesma medida em que muita gente adquire novos computadores para retornar aos estudos na Europa e nos Estados Unidos, muitos sabem que esperar o fim desse frenesi pode resultar em produtos mais baratos e promoções. É justamente esse público que a Apple estaria disposta a capturar.

A expectativa da companhia seria vender um milhão de computadores até o final do ano, e com os números relacionados aos iMacs dobrando a cada trimestre, o analista acredita que ela vai conseguir o objetivo com folga, principalmente com a chegada da temporada de volta às aulas. O período sempre é bem forte para a Apple, que possui programas de descontos e incentivos para estudantes que estiverem interessados em suas máquinas.

A Maçã, claro, não comentou sobre o assunto. Como sempre, a empresa se mantém quieta sobre a possibilidade de lançamento de novos produtos, preferindo fazer anúncios em seu próprio tempo. Mas se o lançamento de novos iMacs realmente estiver tão próximo, não deve demorar muito para que a gente escute algo de oficial a respeito.

Fonte: MacRumours