Novo MacBook Pro provavelmente não contará com a sétima geração de CPUs Intel

Por Redação | 17 de Agosto de 2016 às 06h47

Durante o evento Intel Developer Forum, realizado nesta terça-feira (16) nos Estados Unidos, o CEO Brian Krzanich exibiu a sétima geração de processadores Intel, apelidada de Kaby Lake, que começará a ser usada pelo consumidor final até o final do ano com a chegada dos primeiros computadores com a nova tecnologia. No entanto, o novo MacBook Pro não deverá contar com a sétima geração de CPUs Intel.

Na ocasião, pudemos ver o novo processador em ação instalado em duas máquinas rodando jogos com gráficos de peso como o Overwatch e também editando vídeos em 4k sem “sofrer” durante o processo. O CPU Kaby Lake é o mais poderoso do mercado atual, sendo capaz de aproveitar ao máximo as tecnologias atuais. Esses novos processadores trazem suporte para Thunderbolt 3, USB 3.1 e DisplayPort 1.2, e fabricantes como a Dell e a HP já garantiram o uso da nova geração de chipsets da Intel em lançamentos que estão por vi nos próximos meses.

Contudo, de acordo com a companhia, os novos chips não serão comercializados até o início de 2017 - o que significa que o próximo MacBook que a Apple lançará ainda em 2016 deverá trazer um processador Skylake, que, assim como o Kaby Lake, também é construído no processo de fabricação de 14 nanômetros, mas não é tão poderoso quanto o lançamento mais recente.

Segundo rumores recentes, a nova geração do MacBook Pro receberá novidades importantes em 2016. Entre elas, estão um design ainda mais fino, além do recurso Touch ID e um display OLED secundário. Ainda não se sabe exatamente a data de lançamento deste novo notebook da Maçã, mas é esperado que aconteça depois de setembro, quando será lançado o iPhone 7.

Fonte: MacRummors