Novo Intel Atom x3 será destinado a equipar dispositivos da Internet das Coisas

Por Redação | 08.04.2015 às 10:49
photo_camera Divulgação

A Intel deu um importante passo em relação às demais fabricantes de processadores ao disponibilizar a nova geração Atom não apenas para smartphones e tablets: ao invés disso, os novos chips poderão ser usados em praticamente qualquer dispositivo, sendo ideal para a Internet das Coisas. Com a disputa bastante acirrada no mercado de chips móveis para tablets e smartphones, a Intel certamente conseguirá abocanhar uma boa parte do mercado da Internet das Coisas nos próximos anos com a iniciativa.

O Intel Atom x3 (Sofia) foi projetado para funcionar em dispositivos tais como sensores, eletrodomésticos inteligentes, entre outros. Ele terá suporte a conexões 3G e LTE para poder ficar online sem a necessidade de fios de conexão. Outra característica interessante é que o Atom x3 é suficientemente resistente para aguentar temperaturas extremas. Fora isso, a norte-americana elaborou o novo chip tendo em mente a execução de Linux e Android nos dispositivos nos quais ele será empregado.

Durante o Intel Developer Forum (IDF), em Shenzhen, na China, a empresa fez a primeira apresentação ao vivo do processador em um smartphone, oferecendo suporte à conectividade LTE e utilizando a rede da China Mobile. Atualmente, há 20 empresas com mais de 45 tablets, phablets e smartphones projetados com base nos projetos de referência do processador Intel Atom x3.

O kit para desenvolvedores estará disponível no segundo semestre deste ano, dando uma ampla variedade de possibilidades para usar todo o potencial do novo processador. No entanto, é provável que só vejamos um gadget equipado com o Atom x3 em 2016.

Via Engadget e C Times

Fonte: http://www.engadget.com/2015/04/07/intel-atom-x3-sofia-iot/?utm_source=Feed_Classic_Full&utm_medium=feed&utm_campaign=Engadget&?ncid=rss_fullhttp://en.ctimes.com.tw/DispNews.asp?O=HJZ48BYMOC2SAA00NP