Novas evidências sugerem que iPhone 8 terá sensor 3D de câmera

Por Redação | 28.03.2017 às 18:45

Os lançamentos da Apple estão sempre envolvidos em diversos rumores, e para a chegada do iPhone 8 não está sendo diferente, como já era de se esperar. A imprensa internacional tem sugerido, desde o início do ano, que uma das novidades para a nova versão do smartphone da Maçã será o sensor 3D de câmera, que permitirá a incorporação da tecnologia de realidade virtual e aumentada nos smartphones da marca.

Apesar de as informações ainda não passarem de especulações, parece que, se a gigante de Cupertino realmente aplicar a tecnologia, sua produção será feita por ninguém menos que a Himax Technologies.

Os boatos têm ganhado tanta força que, segundo especialistas, a Himax já teve, inclusive, um aumento de 56% em suas ações. Isso está acontecendo justamente por conta da expectativa em relação a fabricação para a Apple. Tudo indica que a Himax será a responsável, porque a empresa tem capacidade de produzir sensores bem menores que outras companhias. Dessa forma, o sensor poderia ser incorporado à câmera frontal do novo iPhone.

De acordo com Charlie Chan, da Morgan Stanley, “a tecnologia Wafer-level Optics (WLO) da Himax pode reduzir ainda mais o tamanho e ajustar o sensor 3D nos smartphones". Diante disso, a estimativa é de que os sensores 3D contribuam com 20% da receita de 2018 da Himax, melhorando, também, os negócios de realidade aumentada da companhia.

Chan também acredita que a adoção do sensor 3D de câmera do iPhone 8 irá impulsionar as outras fabricantes de smartphones a fazer o mesmo, abrindo novas oportunidades não só para a Himax, mas para outras empresas.

Além dos sensores, outros rumores apontam para um iPhone 8 com mudanças interessantes em relação ao modelo anterior. É esperado que o smartphone da Maçã conte com tela OLED praticamente sem molduras, um sensor de impressão digital embutido na tela e carregamento sem fio.

Fonte: 9to5Mac