Nova decisão da Justiça conclui que Samsung não violou patentes da Apple

Por Redação | 26 de Fevereiro de 2016 às 16h41

Já fazia algum tempo que o duelo entre Samsung e Apple nos tribunais não ganhava os holofotes da imprensa, mas o tema voltou a ganhar as atenções nesta sexta-feira (26). Isso porque uma corte dos Estados Unidos reverteu a decisão da Justiça de 2014, que considerava a Samsung culpada por violar três patentes da Apple, e absolveu a empresa sul-coreana.

De acordo com a agência Reuters, a Corte de Apelações de Washington, nos Estados Unidos, afirmou que a Samsung não viola nenhuma patente da Apple ao utilizar os recursos “deslizar para desbloquear”, autocorretor e “quick link”, que permite abrir links de um aplicativo diretamente em outro. Apesar de sair vitoriosa desta vez, a Samsung já foi obrigada a pagar US$ 548,2 milhões à Apple em dezembro de 2015 devido a outros processos de violação de patentes vencidos pela fabricante do iPhone.

Desta vez, o recurso da Samsung foi aceito de forma unânime pelos três juízes da Corte de Apelações, instância máxima da justiça estadunidense em matéria de patentes. Este novo veredito reverte uma decisão de maio de 2014, quando fabricante da linha Galaxy foi condenada a pagar US$ 119,6 milhões por supostamente utilizar tecnologias patenteadas pela Apple sem a devida autorização.

Fonte: Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.