Nokia voltará ao mercado mobile em 2016, apontam rumores

Por Redação | 20.04.2015 às 10:32
photo_camera Nokia

Nos últimos anos, a Nokia viveu seus piores momentos no mercado de dispositivos móveis, culminando em resultados desastrosos e uma alta dívida, que a levou a ser vendida a Microsoft. Sinônimo de dispositivos de qualidade e uma das mais importantes referências tecnológicas durante muitos anos, a finlandesa pode estar pronta para voltar ao mercado que a consagrou já no próximo ano.

Rumores apontam que após comprar a Alcatel-Lucent na última semana, a empresa Nokia estaria se estruturando para voltar a fabricar dispositivos móveis em larga escala.

Atualmente, a companhia é dividida em três grupos de negócios. A Nokia Networks, por enquanto, tem sido a principal delas, visto que é responsável pelas redes de telecomunicações da companhia e tem conseguido ótimos negócios para ela. Além dela, a Nokia trabalha com serviços de navegação, cujo principal peixe são os apps HERE; e a Nokia Technologies, que foi líder mundial do setor de celulares entre os anos de 1998 e 2011.

Depois da venda de sua divisão mobile para a Microsoft, a Nokia estaria trabalhando para retornar ao mercado de dispositivos móveis. Segundo, Richard Kerris, ex-executivo da Nokia, a empresa possui "vários projetos grandes de desenvolvimento". Os projetos tecnológicos ambiciosos impulsionados pela divisão da Nokia Technologies dão a garantia de que a "Nokia não vai desaparecer".

Nokia N1

O projeto de lançamento de novos produtos com a marca Nokia só será possível em 2016, visto que, segundo o contrato firmado com a Microsoft, a marca Nokia ainda pertence a empresa de Redmond até o final de 2015.

O dispositivo mais conhecido fabricado pela Nokia Technologies no período que se seguiu a venda para a Microsoft foi o tablet N1, com design muito similar ao iPad mini, porém com sistema Android.

A compra da Alcatel-Lucent chega para potencializar o interesse da finlandesa em retornar ao mercado de dispositivos móveis, ainda que ele mostre estar saturado em alguns países. Além do regresso a este mercado, a compra da Alcatel-Lucent também colocará a empresa em uma posição mais competitiva no setor de redes, incluindo a 5G, rivalizando com Huawei, Cisco e Ericsson.

Fonte: Re/code

Fonte: http://recode.net/2015/04/20/nokia-plots-2016-return-to-phone-market/