Nokia lança Ozo, uma câmera de realidade virtual que filma em 360 graus

Por Redação | 29 de Julho de 2015 às 11h30
photo_camera Divulgação

Após a Nokia ter vendido sua divisão de celulares para a Microsoft por US$ 7,6 bilhões, muita gente acreditou que a companhia cairia no esquecimento. Afinal, foram os celulares que fizeram da empresa o que ela é hoje. Só que a finlandesa não deixará o mercado, pelo contrário. Agora ela vai se aventurar em um novo tipo de produto, desta vez focado em realidade virtual, chamado Ozo.

Anunciado em um evento VIP nesta terça-feira (28) em Los Angeles, nos Estados Unidos, o Nokia Ozo é uma câmera com formato esférico, parecido com uma bola de futebol, capaz de captar áudio e vídeos em 360 graus. Voltado para o mercado profissional, o dispositivo grava vídeo 3D estereoscópico através de oito sensores de obturador global sincronizados, enquanto o áudio espacial é gravado por meio de oito microfones integrados.

De acordo com a Nokia, todo o conteúdo pode ser disponibilizado e assistido em outros acessórios que trabalham com realidade virtual, como o Oculus Rift. Isso só foi possível graças e um software dedicado que permite assistir os vídeos em tempo real e também em 3D. "O Ozo se integra aos fluxos de trabalho profissionais existentes e trabalha com ferramentas de terceiros, simplificando drasticamente a produção de conteúdo em todas as fases", destacou Ramzi Haidamus, presidente da Nokia Technologies.

O Ozo é um produto 100% desenvolvido pela parte da Nokia que não foi vendida à Microsoft, o que significa que a própria companhia finlandesa é quem está fabricando o aparelho e arcando com os custos. Com isso, a empresa entra no campo da realidade virtual, um cenário que ainda dá seus primeiros passos com a ajuda de outras corporações. Entre elas o Facebook e a Oculus VR, com o Rift; a Valve e a HTC, com o Vive; e a Sony, com o Project Morpheus para o PlayStation 4.

Ainda não foi anunciado o preço oficial do Nokia Ozo, mas tudo indica que não será um produto barato - o Oculus Rift, por exemplo, custará US$ 1.500 na configuração mínima. A expectativa é que as primeiras unidades do acessório da Nokia cheguem às lojas até o final de 2015.

Fonte: Nokia Technologies

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.