Nokia aponta executivo da Samsung para liderar unidade de tecnologia

Por Redação | 30 de Junho de 2017 às 11h25

A Nokia anunciou nesta sexta-feira (30) uma contratação de peso para sua unidade de tecnologia. A companhia finlandesa está trazendo Gregory Lee, da Samsung, para liderar uma divisão que é a linha de frente quando o assunto é inovação e o novo caminho que vem sendo trilhado pela marca nos últimos anos.

Além de se tornar o presidente da Nokia Technologies, Lee passa a fazer parte de um grupo de líderes que é incluído em todas as grandes decisões da companhia. Foi daqui, por exemplo, que veio a opção de venda da divisão de smartphones para a Microsoft e os esforços de licenciamento que garantiram o retorno da clássica marca a esse segmento, além de outras opções gerenciais e relacionadas a contratações de alto nível.

De acordo com a fabricante, foi justamente a variedade de atribuições e postos já ocupados pelo executivo que o tornaram elegível para esse grupo. Desde 2004, Lee trabalhava na Samsung, onde passou por diferentes posições, iniciando como diretor de marketing global e, depois, seguindo para a liderança de setores regionais.

Primeiro, ele foi o presidente da divisão da companhia para o sudeste da Ásia. A partir de 2013, assumiu residência nos Estados Unidos e tomou conta do setor de telecomunicações da Samsung, antes de assumir todas as operações da empresa na América do Norte, um cargo que ele ocupava até agora, quando foi contratado pela Nokia.

Ele continuará residindo da Califórnia, de onde vai liderar o time de desenvolvimento de novas tecnologias. A ideia é ficar de olho em inovações e tendências de mercado, principalmente nos setores mobile e de telecomunicações, os dois grandes espaços de atuação da Nokia, para garantir que a companhia esteja sempre na vanguarda do mercado.

Esse desejo foi compartilhado pelo CEO da marca finlandesa, Rajeev Suri, que em comunicado, comemorou a contratação de Lee e acredita que ele será essencial em uma época de “interesse renovado” pela Nokia. Ele se refere, provavelmente, ao “retorno” da fabricante ao mercado mobile, entre aspas, por se tratar de um acordo de licenciamento e parceria com fabricantes asiáticas, e não mais de celulares fabricados pela própria empresa.

Além disso, destacou o rol de novas tecnologias que vem sendo desenvolvidos pela companhia, que vão desde aplicações para saúde até novos produtos para o consumidor e realidade virtual. Lee terá participação ativa em todas essas frentes, respondendo diretamente ao CEO da companhia.

Fonte: Nokia

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.