Mulheres já criam mais negócios no Brasil do que homens

Por Redação | 09 de Agosto de 2017 às 16h30

Apesar de as mulheres enfrentarem mais obstáculos para prosperar, elas já ultrapassaram os homens na criação de novos negócios no Brasil É o que revelou uma pesquisa recente conduzida pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa) junto com o IBQP (Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade).

Segundo o relatório, as mulheres representam 51,5% das empresas inauguradas nos últimos três anos, contra 48,5% dos negócios que partiram de homens. Entre as atividades que lideram essa realidade, estão aquelas concentradas em serviços domésticos (13,5%), beleza (12,6%), vestuário (12,3%) e buffets (10,3%).

Ainda que as mulheres já sejam a maioria no que diz respeito à criação de empresas no país, elas têm menor participação nos negócios já estabelecidos. Segundo o estudo, os homens dominam 57,3% das empresas consolidadas, deixando 42,7% para as mulheres.

No entanto, o sucesso do empreendedorismo feminino acaba sendo duplo, uma vez que, ao mesmo tempo em que se tornam empresárias de sucesso, alavancando a economia brasileira, elas lidam com fatores complicadores que não fazem parte do universo masculino. “As mulheres brasileiras enfrentam mais dificuldades para fazer seus empreendimentos prosperarem, e tal fenômeno pode estar associado a condições como preconceito de gênero, menor credibilidade pelo fato de o mundo dos negócios ser mais tradicionalmente associado a homens, maior dificuldade de financiamento e para conciliar demandas da família e do empreendimento”, analisa o relatório.

Mesmo com os percalços, as mulheres têm conquistado seu lugar ao sol no universo empreendedor do Brasil. Em 2009, o mesmo estudo mostrou que a disparidade entre homens e mulheres comandando empreendimentos era de 25,4%. Desde 2010 esse percentual vem diminuindo e, agora, as mulheres já abrem mais empresas do que os homens — mostrando a necessidade de se haver programas de apoio às mulheres empresárias do Brasil.

Fonte: Claudia

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.