Motorola Solutions quer projetos de longo prazo para garantir operação no Brasil

Por Rafael Romer | 12 de Dezembro de 2015 às 13h30
photo_camera GUSTAVO LINARES / CANALTECH

Após oito anos de operações estáveis no país, 2015 foi um ano "complicado", marcado por mudanças do modelo de negócios e de operações para a Motorola Solutions no Brasil, avaliou o Country Manager local da empresa, Paulo Cunha, durante um balanço de fim de ano apresentado nesta sexta-feira (11).

"Nós saímos de uma empresa que vende e suporta e passamos para um modelo de contrato e acordo de serviços [de longo prazo]. Isso tem uma mudança de comportamento dentro da companhia como um todo e ajusta também nossa oferta para um momento no qual se tem menos disponibilidade de aumento de investimento", explicou o executivo.

Apesar de não divulgar números locais, a empresa sentiu o impacto negativo da desvalorização cambial na América Latina e em países do Leste Europeu, que foi avaliado em US$ 50 milhões sobre a receita total da empresa.

Ainda desse valor representar um percentual pequeno diante da receita de US$ 6 bilhões que a Motorola Solutions deve observar neste ano, a turbulência forçou a companhia a se adaptar à nova realidade. No Brasil, essa mudança incluiu uma restruturação interna, que envolveu cortes de colaboradores em áreas que se sobrepunham, e também a busca de novos mercados potenciais.

Um dos destaques da empresa no Brasil neste ano foi a entrada no mercado de serviços de gerenciamento de rede privada, focada em ofertas para gestão de infraestruturas criticas de radiocomunicação através de LTE.

O uso de LTE para comunicação em vídeo e voz através de redes privadas seguras tem crescido e é uma das estratégias globais da Motorola Solutions, conforme o formato tradicional de comunicação via rádio vai ficando para trás. Esse foi um setor importante para a organização no Brasil, que viu crescimento em setores como segurança pública e áreas militares, mas também em áreas privadas, como o agronegócio.

Este ano também viu um crescimento expressivo da participação do setor privado no rendimento total da Motorola Solutions no país, que atingiu mais de 60% da receita de todas as linhas de produtos da empresa. Em anos anteriores, o percentual observado era próximo a 55%, o que mostra a tendência de redução de investimentos do setor público, diretamente ligado ao momento de instabilidade econômica.

"Do ponto de vista estratégico, nosso foco é na criação dos contratos de longo prazo, porque independentemente de serem no setor público ou privado, esses contratos dão a estabilidade em momentos difíceis", comentou o executivo.

O cenário de transformação também tem levado a empresa a diversificar sua busca por novos modelos de negócios. Neste ano, um dos projetos pilotos realizados no Brasil foi a aplicação de drones para a entrega de redes LTE privadas. O sistema é simples: um drone de baixa mobilidade é carregado com uma antena LTE e ligado à uma fibra óptica, o que permite que o gadget voador se torne uma espécie de torre LTE para criar uma bolha de conexão ao seu redor. O drone pode ter aplicações diversas, que podem ir desde implementação de redes em regiões remotas até para ações temporárias de segurança pública em locais específicos.

Outra estratégia global da Motorola Solutions que deve se estender por aqui é a de aquisições para diversificação do portfólio e crescimento orgânico da empresa, através da Motorola Solutions Venture. "Nós temos chance e oportunidade de aquisições no Brasil, preferimos esperar um pouco, mas temos conversado com várias empresas. Nada de curto prazo pelo momento", disse Cunha.

Aquisições são investimentos importantes para a companhia não só no Brasil, mas também a nível global. Na semana passada, a empresa anunciou a aquisição da operadora inglesa AirWave por US$ 1,2 bilhão, que garante à Motorola uma cobertura quase completa das ilhas britânicas e controle das operações de comunicação de segurança de 300 serviços de emergência do país.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.