Modo de direção do Google Maps chega ao Brasil

Por Redação | 13 de Maio de 2016 às 16h06

Quem usa o Google Maps como seu GPS de escolha no carro ganhou mais funcionalidades para isso nesta sexta-feira (13). Depois de meses de testes e uma liberação apenas na América do Norte e Europa, a empresa finalmente está permitindo que os brasileiros, junto a outras dezenas de países, tenham acesso ao modo de direção da plataforma, com funções voltadas especificamente para quem está no volante.

A ideia, aqui, é dar uma perspectiva melhor para quem está dirigindo, tenha o motorista definido uma rota ou não. Ao ser ativado, o modo de direção modifica a perspectiva do mapa para a isométrica, dando uma melhor visualização das ruas adiante e do trânsito, de forma que o usuário possa definir melhor o caminho a seguir.

O Google também passa a ser capaz de indicar pontos de interesse e locais de parada de acordo com o histórico do usuário. Costuma dar aquela passada na padaria antes de chegar em casa? Tem uma cafeteria preferida perto do trabalho? O aplicativo de mapas trabalha com tudo isso, chegando a incluir tais estabelecimentos na rota de acordo com a rotina diária.

Google Maps Driving Mode

O sistema também torna um pouco mais inteligente o estabelecimento de rotas, pois leva em conta as informações em tempo real sobre a via. Cálculos podem ser refeitos e novos caminhos podem ser indicados de acordo com o tráfego ou bloqueios à frente, enquanto o usuário também é livre para fazer alterações sem que o sistema fique maluco, uma vez que ele leva em conta todas as alternativas possíveis.

A atualização para o Google Maps está disponível para os sistemas operacionais Android e iOS. A liberação também vale para países como Reino Unido, Alemanha, Suécia e Argentina, além do Brasil. Se você ainda não vê a funcionalidade no menu da parte superior direita da tela, faça a atualização manualmente por meio da loja de aplicativos do seu dispositivo ou aguarde, pois como todos os updates, este também é liberado em ondas de forma a não estressar servidores e garantir disponibilidade.

Fonte: Android Central