Nokia volta ao mercado de smartphones

Por Redação | 18.05.2016 às 09:14 - atualizado em 18.05.2016 às 10:13

A Microsoft anunciou a venda de sua divisão de feature phones à FIH Mobile LTD, uma subsidiária da Foxconn. A companhia de Redmond havia adquirido essa linha de negócios em 2014, quando comprou a unidade de celulares e smartphones da Nokia. A divisão vendida para a Foxconn engloba dispositivos mais básicos, como o Nokia 230, que, apesar de não contar com os vários recursos presentes nos smartphones, ainda possui algumas funcionalidades inteligentes.

O acordo de venda foi fechado por US$ 350 milhões e inclui a transferência de 4.500 funcionários para a subsidiária da Foxconn. No negócio, também estão inclusos a entrega dos direitos de uso da marca Nokia, software dos features phones, serviços e outros contratos e acordos de fornecimento. A FIH também comprometeu-se a comprar a Microsoft Mobile Vietnam, que faz parte da divisão mobile da empresa norte-americana. O negócio deve ser concluído ainda no segundo semestre deste ano.

Apesar da venda de sua divisão de feature phones e a constante redução em seus negócios de dispositivos móveis, a Microsoft garantiu que irá continuar a desenvolver o Windows 10 Mobile e a fornecer suporte à linha Lumia, bem como aos dispositivos com Windows Phone de parceiros como Acer, Alcatel, HP, Trinity e VAIO. As tentativas da empresa de aumentar a sua participação no mercado de smartphones têm falhado nos últimos anos. No último trimestre, a empresa vendeu apenas 2,3 milhões de dispositivos Lumia, uma queda de 73% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A estratégia atual da Microsoft tem sido apostar no Windows 10 Mobile, trabalhando em alternativas para atrair desenvolvedores e fortalecer sua loja de aplicativos. Além disso, a empresa tem trabalhado no desenvolvimento de uma quantidade mais reduzida de smartphones - neste ano apenas um modelo foi anunciado - e apostado em modelos de topo de linha com a funcionalidade Continuum, como é o caso do Lumia 950 e 950 XL anunciados no final do ano passado. Alguns rumores dão conta ainda de que a Microsoft está trabalhando em um novo Surface Phone, o primeiro smartphone da linha Surface, que deverá ser lançado no início do próximo ano.

Acompanhado do anúncio da venda de divisão de feature phones da Microsoft, a finlandesa HMD também anunciou a compra dos direitos de uso da marca Nokia. Com isso, a companhia planeja lançar em todo o mundo - possivelmente também no Brasil - smartphones e tablets Android com a antiga marca líder de mercado. Segundo o acordo, Foxconn e HMD irão trabalhar juntas para trazer a Nokia de volta ao mercado de dispositivos móveis. De um lado, a HMD ficará responsável pelo marketing, vendas e distribuição, e, do outro, a Foxconn será responsável pela fabricação dos dispositivos. Em comunicado, a HMD disse pretender trazer "uma experiência de uso atraente a um preço competitivo".

Fonte: Microsoft