Microsoft quer ideias de apps para o HoloLens

Por Redação | 03 de Dezembro de 2015 às 09h56

Assim como acontece com outros dispositivos de realidade virtual, o HoloLens também deseja contar com a participação ativa da comunidade. E mesmo sem ter uma data de lançamento, preço ou até mesmo uma forma final revelados, a Microsoft já deseja dar o pontapé inicial nessa iniciativa com o programa Share Your Idea, que incentiva os interessados na tecnologia a pensarem em utilizações possíveis para a plataforma.

E você não precisa nem mesmo ser um desenvolvedor para isso. Basta dar o seu palpite, claro, dentro de certos parâmetros que possibilitem o desenvolvimento, até o dia 11 de janeiro. As ideias são colocadas em votação no site da campanha, enquanto as três melhores vão para o Twitter, onde passam mais uma vez pela aprovação do público. A selecionada, então, vira realidade pelas mãos dos especialistas da própria Microsoft.

A ideia da empresa é dar aos usuários finais um olhar sobre todo o processo de produção de um software e os trabalhos que estão sendo realizados pelo HoloLens. Mesmo durante a votação, os usuários receberão feedback sobre melhores maneiras de documentar seus insights e recursos adicionais que possam ser adicionados, além de detalhes que possam facilitar a produção caso essa seja a ideia vencedora.

Desde já, porém, a Microsoft dá algumas diretrizes para quem está pensando em levar suas ideias a ela. O principal objetivo é que os apps para o HoloLens sejam universais, ou seja, funcionem também no Windows 10 rodando em PCs, tablets, smartphones e até no Xbox One, e tenham funções adicionais ou exclusivas baseadas nos sistemas de realidade virtual e aumentada do periférico. Além disso, claro, é importante pensar em hardware e na quantidade de processamento que está sendo feito pelos dispositivos durante o uso da solução.

Ainda segundo a fabricante, essa é apenas a primeira etapa de um processo que vai tornar o HoloLens uma tecnologia de código aberto, permitindo que toda a comunidade desenvolva soluções para o produto. Para alguns, a iniciativa é mais uma prova de que os progressos do HoloLens estariam indo melhor do que o esperado, principalmente depois de metade da equipe de desenvolvimento do produto ter sido demitida, o que acabou levantando preocupações sobre o estado da plataforma.

Fonte: Microsoft

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.