Microsoft poderá ter 18% do mercado de tablets até 2019, afirma consultoria

Por Redação | 24 de Novembro de 2015 às 11h00

Segundo um relatório da Strategy Analytics, empresa de pesquisa de mercado, a Microsoft irá conseguir uma parcela de 18% do mercado de tablet até o final da década. Os bons resultados obtidos nos últimos trimestres pela companhia de Redmond levaram a empresa de pesquisa a observar um panorama otimista para a Microsoft no mercado mundial de tablets. Apesar do encolhimento do mercado, muito devido à popularidade dos smartphones de tela grande, o relatório da Strategy Analytics sugere que as companhias não devem abandonar os tablets.

Desde o lançamento do Windows 8, a Microsoft tem obtido progressivo crescimento no segmento. Comparado aos tablets equipados com Android, que detêm a maior fatia do mercado, os tablets com Windows oferecem uma experiência de trabalho e produtividade superiores, o que tem favorecido a companhia fundada por Bill Gates. Os mais novos modelos de tablets da marca, por exemplo, são capazes de executar os mesmos aplicativos de um computador de mesa com Windows.

A Strategy Analytics afirma ainda que as vendas de tablets com Windows aumentaram expressivos 58% nos primeiros nove meses de 2015 em relação ao mesmo período do ano anterior. Para a companhia de pesquisa, a Microsoft poderá ter um crescimento ainda maior no último trimestre, período em que o mercado está muito mais aquecido. No total, os analistas acreditam que sejam vendidos 22 milhões de unidades de tablets com o sistema até o final do ano, 10% de todas as vendas do mercado global de tablets em 2015.

Mercado de Tablets

Para o futuro, a consultoria acredita que os tablets com Windows continuarão a ganhar força no mercado corporativo. Como as empresas deverão se abrir mais a adoção de tablets, a Microsoft se encontrará em uma posição estratégica para vender modelos que possuem o mesmo sistema operacional que os profissionais já estão acostumados a utilizar no trabalho.

Se a previsão de contar com 18% da parcela de mercado global de tablets se concretizar até 2019, a Microsoft terá um aumento significativo nos lucros, além de reduzir a participação do seu principal rival no setor, o Google, que ocupa o primeiro lugar com o Android.

Fonte: Strategy Analytics

Fonte: http://www.phonearena.com/news/Report-Microsoft-could-capture-18-percent-of-the-global-tablet-market-by-2019_id76056

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.