Microsoft pode ser forçada a mudar nome do Skype na Europa

Por Redação | 06 de Maio de 2015 às 08h22
Tudo sobre

Microsoft

A Microsoft está enfrentando um problema judicial com o registro da marca Skype na Europa. Segundo a empresa britânica de mídia Sky, a companhia de Bill Gates não pode registrar o mensageiro com esse nome devido à semelhança entre os dois.

O caso não é recente e está sendo movido pela BSkyB (British Sky Broadcasting Group) nos tribunais desde 2005, seis anos antes do Skype ser adquirido pela Microsoft. A corte do Reino Unido já havia decidido a favor da companhia britânica, mas a Microsoft acabou recorrendo e promete recusar novamente caso aconteça a proibição.

A Microsoft diz que o veredicto é infundado, pois não há como acontecer qualquer tipo de confusão causada pelos nomes. A decisão da justiça não deve fazer com que a empresa mude o nome do Skype inicialmente, mas ela pode sugerir um acordo e ser obrigada a pagar uma determinada quantia pela licença.

Assista Agora: Descubra o jeito certo de criar verdadeiros times de alta-performance e ter a empresa inteira focada em uma única direção.

SkyDrive

Não é a primeira vez que a Microsoft é obrigada a mudar o nome de um de seus produtos. Em 2014, a empresa rebatizou o seu serviço de armazenamento em nuvem, o SkyDrive, para OneDrive, depois de passar por um processo de violação de marca, também acionado pela BSkyB.

Fonte: PPLWare, Venture Beat

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.