Microsoft libera oficialmente o Windows 10 Mobile para celulares Lumia

Por Redação | 17 de Março de 2016 às 14h01
photo_camera Divulgação

Após meses de espera e muitos atrasos, a Microsoft acaba de liberar o Windows 10 Mobile para aparelhos com o Windows Phone 8.1. A novidade é que não é necessário fazer parte do programa de testes Insider, uma vez que o download está disponível para todos os usuários que possuem um dispositivo com o antigo sistema operacional da companhia.

De acordo com a empresa, os celulares que possuem o aplicativo Update Advisor já estão sendo avisados sobre a atualização. Neste caso, basta acessar o menu de configurações no smartphone e procurar pela seção que corresponde ao update. Quem ainda não possui o app pode baixá-lo pela Windows Store (clique aqui para acessá-la), mas desde já a Microsoft afirma que ter a ferramenta instalada não é garantia de que o novo software será baixado agora.

Por conta da alta demanda, a atualização deve chegar para todos nas próximas horas, de forma gradual. Inicialmente, o Windows 10 Mobile possui suporte para os seguintes dispositivos: Lumia 430, Lumia 435, Lumia 532, Lumia 535, Lumia 540, Lumia 635 (1 GB RAM), Lumia 640, Lumia 640 XL, Lumia 730, Lumia 735, Lumia 830 e Lumia 930. Além disso, a companhia lembra que Lumias adquiridos por meio de operadoras podem ter que aguardar um pouco mais, já que elas costumam fazer testes em suas redes antes de liberar as atualizações.

O Windows 10 Mobile chega com um visual repaginado e algumas novas funções. Entre elas estão o navegador Microsoft Edge, novas versões dos aplicativos Outlook (para e-mail e calendário), Word, Excel e PowerPoint, app de mensagens integrado ao Skype e uma loja unificada para ferramentas, jogos, músicas e filmes. Há ainda uma central de notificações melhorada e com acesso rápido a configurações de Wi-Fi, Lanterna e Modo Avião, além de novos aplicativos Pessoas, Fotos, Mapas, Xbox e Música.

Também foi confirmado o recurso de Plataforma Universal Windows (UWP, na sigla em inglês), que permite aos desenvolvedores a criação de aplicações que compartlham o mesmo código fonte. Com isso, o trabalho deles fica mais fácil porque basta adequar a interface de seus produtos para cada variante do sistema (Windows 10, Windows 10 Mobile, Xbox One, HoloLens, entre outros).

Fonte: Microsoft

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.