Microsoft demonstra funcionalidades do HoloLens no ambiente de trabalho

Por Redação | 13 de Julho de 2015 às 15h21

Durante a Microsoft Worldwide Partner Conference, conferência anual de parceiros da Microsoft, a empresa realizou mais demonstrações da sua nova plataforma de realidade virtual, o HoloLens, desta vez focando no ambiente de trabalho. A companhia mostrou a habilidade do acessório em misturar objetos reais e virtuais utilizando um software de modelagem em 3D da Audotesk, o Maya 3D.

Os óculos futurísticos já vêm sendo demonstrados desde janeiro, mas até então a Microsoft não havia explicado exatamente como a tecnologia poderá ser utilizada com outros softwares de maneira a facilitar o trabalho dos mais variados profissionais. Ou seja, até agora não tínhamos nenhum uso de fato "útil" além do entretenimento.

O Maya 3D, em conjunto com o HoloLens, mostra como designers poderão trabalhar normalmente no software, com mouse e teclado, enquanto suas criações ganham vida com a projeção holográfica do dispositivo. Outros usuários também poderão visualizar as projeções utilizando os próprios óculos. Além disso, será possível projetar objetos 3D sobre objetos reais, como o modelo de uma moto feito no Maya 3D por cima de uma moto real. Com isso, o designer pode alterar cores e formas e ter uma visualização bem realista de como será o resultado final.

Demonstração HoloLens

Só que o mais bacana e impressionante mesmo é em como será possível trabalhar em grupos e remotamente. Quando várias pessoas estão visualizando um projeto e alguém faz uma anotação ou comentário referente a alguma mudança, o HoloLens saberá exatamente sobre qual ponto aquela pessoa fez uma marcação, bem como sua distância ao objeto, o que facilitaria o trabalho do designer em identificar o que deve ser alterado.

A tecnologia é extremamente avançada, e, como podemos ver, muito interessante e com enorme poder de transformação de diversas indústrias nos próximos anos. No entanto, como está ainda em seus estágios iniciais, a mesma encontra várias limitações, como o fato do campo de visão ser bem pequeno - e a Microsoft não deve corrigi-lo a tempo da versão comercial do produto.

Ainda não há data definida para a chegada do HoloLens e o mesmo não será barato. Mesmo assim, o gadget promete e já tem bastante gente de olho nas maravilhas que ele pode fazer.

Fontes: Business Insider, SlashGear.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.