Microsoft dá bolsas para incentivar o acesso à internet em países necessitados

Por Redação | 25 de Maio de 2016 às 08h48

Nesta terça-feira (24), a Microsoft anunciou o fornecimento de bolsas a 12 empresas de diversos países como parte do Affordable Access Initiative, programa criado pela gigante para incentivar o acesso de baixo custo à internet em comunidades necessitadas em todo o mundo.

Cada uma dessas companhias receberá auxílio financeiro e recursos, incluindo ferramentas, serviços e programas baseados em software livre da Microsoft, para ajudar na expansão de seus serviços tecnológicos, que envolvem aplicações, conectividades e soluções energéticas.

A casa do Windows segue os passos de outras gigantes da tecnologia, como Google e Facebook, na criação de programas de incentivo ao acesso à internet em regiões menos conectadas do globo. A Microsoft já havia anunciado, anteriormente, que se comprometia a investir US$ 1 bilhão para trazer os benefícios da tecnologia de nuvem à população, e esse investimento inclui expandir a disponibilidade de serviços de internet acessíveis a todos.

As doze empresas agraciadas com o programa são de países como Argentina, Botsuana, Índia, Indonésia, Malawi, Nigéria, Filipinas, Ruanda, Uganda e até mesmo Reino Unido e Estados Unidos. Ao menos por enquanto, o Brasil ficou de fora dessa investida.

Para Peggy Johnson, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Microsoft, “com mais da metade da população mundial não tendo acesso à internet, a conectividade é um desafio global que exige soluções criativas para o problema”. “Ao usar tecnologias que estão disponíveis no momento e formar parcerias com empresas locais que compreendem as necessidades de suas comunidades, nós esperamos criar soluções sustentáveis que não somente impactarão a atualidade, mas também os anos que estão por vir”, completou.

Fonte: Microsoft Newscenter