Microsoft compra startup de tecnologia de container Deis

Por Redação | 10.04.2017 às 15:06
photo_camera Deis

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira (10) a aquisição da Deis, companhia desenvolvedora de uma tecnologia de container em código aberto. Este tipo de arquitetura opera em sistemas que funcionam a partir das nuvens e deve incrementar ainda mais as soluções oferecidas pela MS na área.

Com a aquisição, a companhia de Redmond ganha mais corpo para bater de frente com competidoras de peso em soluções na nuvem, como Amazon e Google. Além disso, reforça uma postura adotada pela Microsoft nos últimos anos, de opção clara e deliberada pelas vantagens comerciais e tecnológicas dos sistemas open source e da computação na nuvem.

A Deis vem ganhando destaque no ramo das soluções para arquitetura de sistemas na nuvem. A empresa é responsável por um sistema de gerenciamento de containers que trabalha com o sistema Kubernetes, uma tecnologia criada pelo Google, e “dá aos desenvolvedores os meios para aprimorar de maneira vasta a confiança, a eficiência e a agilidade das aplicações”, escreve o vice-presidente executivo para nuvem da Microsoft Scott Guthrie.

“Hoje, estamos animados em anunciar que a Deis se junta à Microsoft para dar continuidade à nossa missão de tornar a tecnologia de container mais fácil de usar”, declarou a empresa comprada em um comunicado publicado em seu site oficial. “Estamos honrados em agregar a nossa liderança e a nossa experiência crescente em projetos open source com uma grande base de usuários e uma gama diversa de colaboradores externos”, complementa a empresa.

Tecnologia de container

Queridinha do mundo da computação na nuvem nos últimos anos, a tecnologia de container cresceu rapidamente e está dando uma nova face à forma com que as aplicações são desenvolvidas e oferecidas pelas empresas. Além disso, os Kubernetes vêm ganhando cada vez mais espaço, assim, como a Deis já é referência ao lidar com eles, aa aquisição da Microsoft se mostra uma jogada altamente estratégica.

“Na Microsoft, nós vimos um crescimento explosivo tanto no interesse quanto na utilização de cargas de trabalho conteinerizadas no Azure, e estamos comprometidos em garantir que o Azure é o melhor lugar para rodá-las”, registra Guthrie no anúncio da aquisição que não teve valores revelados.

Fontes: Microsoft, Deis