Microsoft compra startup de processamento de linguagem natural

Por Redação | 13 de Janeiro de 2017 às 17h04

A Microsft fechou a aquisição da startup canadense Maluuba, uma empresa fundada por estudantes da Universidade de Waterloo dedicada ao uso de deep learning para evolução do processamento de linguagem natural por soluções de inteligência artificial. O valor da aquisição não foi divulgado.

De acordo com a Microsoft, a tecnologia da startup será utilizada pela empresa para "tornar a inteligência artificial mais acessível e útil para o público". A gigante de Redmond também deverá agora apoiar a startup na evolução de sua solução, com os recursos financeiros, infraestrutura e acesso aos seus milhões de usuários globais.

Baseada em Montreal, a Maluuba tem focado em melhorar a capacidade de sistemas computacionais de entender o que estão lendo ou ouvindo, mas chegou ao limite do desenvolvimento solitário de seu assistente virtual. Em nota, a startup afirma que ficou "aparente" que a forma de progredir seria através de sua aquisição por outra companhia.

Montreal tem se tornado um hub de desenvolvimento de sistemas de inteligência artificial nos últimos anos e gigantes de tecnologia já começaram a prestar atenção no fenômeno.

Yoshua Bengio, pesquisador chefe do Institute for Learning Algorithms de Montreal, é um dos atuais conselheiros da Maluuba e também deverá desempenhar o mesmo papel para a Microsoft a partir de agora. Em novembro do ano passado, o Google também fez um investimento considerável na cidade canadense, inaugurando um laboratório local próprio de pesquisa de IA.

Via: Tech Crunch

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.