Microsoft: apesar do prejuízo de US$ 2,1 bilhões, divisão Xbox cresce 27%

Por Redação | 23 de Julho de 2015 às 15h48

A Microsoft divulgou números alarmantes na última terça-feira (21) ao anunciar um prejuízo de US$ 2,1 bilhões entre abril e junho de 2015, devido à compra da divisão mobile da Nokia. Entretanto, a empresa de Bill Gates também tem motivos para comemorar: a divisão Xbox registrou um crescimento de 27% durante o último trimestre.

As vendas de Xbox One e Xbox 360 totalizaram 1,4 milhão de unidades em um período de três meses, o que representa um aumento de 10%, ou seja, US$ 86 milhões. Isso significa que a companhia ultrapassou a marca de 1,1 milhão de plataformas comercializadas durante o mesmo trimestre do ano passado.

Em vista disso, a Microsoft conseguiu vender 12,1 milhões de unidades durante este ano fiscal contra 11,7 milhões de consoles comercializados no mesmo período do último ano. O aumento dos números da divisão Xbox está diretamente relacionado com a redução de preço do Xbox One em algumas regiões, como Estados Unidos e Europa, o que acabou popularizando ainda mais o video game de nova geração.

Além do ótimo desempenho obtido com as plataformas de jogos, a companhia norte-americana lucrou mais de US$ 205 milhões – 58% a mais do que o mesmo trimestre de 2014 – com o serviço Xbox Live, graças ao aumento considerável de usuários. Com relação aos jogos, a franquia Minecraft foi a grande responsável por alavancar o lucro da empresa com títulos desenvolvidos por suas subsidiárias, marcando 62% a mais em relação ao ano passado, ou seja, US$ 63 milhões.

Por outro lado, a reestruturação da Nokia vem pesando muito no bolso de Bill Gates. As receitas da marca alcançaram US$ 22 milhões este trimestre, representando um desempenho inferior aos US$ 23,4 milhões levantados durante o mesmo período em 2014.

Via: IGN UK, Eurogamer

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.