Microsoft agora é membro da Linux Foundation

Por Redação | 17 de Novembro de 2016 às 14h59

Na última quarta-feira (16), a Microsoft anunciou que está se unindo à Linux Foundation como um membro Platinum, colocando-se ao lado de empresas como Intel, Oracle, Samsung e IBM. A Linux Foundation é uma organização sem fins lucrativos que apoia o crescimento de tecnologias de código aberto.

Durante muitos anos Linux e Microsoft não se bicaram. No entanto, atualmente, a Microsoft é uma das maiores contribuintes do open source do mundo. Ao longo dos últimos anos, a empresa levou o SQL Server para o Linux, levou comandos do Ubuntu para o Windows 10, abriu partes do código da sua plataforma .NET em uma parceria com a Red Hat, entre outros. A companhia também tem contribuído para uma série de projetos da Linux Foundation, como Node.js e OpenDaylight.

Apesar dessas participações, não podemos negar que o anúncio da associação da Microsoft à Fundação foi uma surpresa, afinal a empresa nunca foi a fã número 1 do Linux. Jim Zemlin, diretor executivo da Linux Foundation, disse que é normal haver algum ceticismo em relaço à parceria por parte de algumas pessoas, mas ele acrescentou que "sempre que uma grande corporação adere ao open source, é isso que acontece". Agora, após a adesão, Zemlim espera que a Microsoft intensifique o “seu envolvimento e compromisso com o desenvolvimento aberto”.

Dentre os atuais membros Platinum da Linux Foundation, que pagam cerca de US$ 500.000 pelo privilégio, podemos listar outras grandes conhecidas do público como HPE, Huawei, NEC, Qualcomm, Cisco, Google, Facebook, e muitos outros.

Fonte: The Linux Foundation

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.