Microsoft apresenta novidades em atualização para sua pulseira inteligente

Por Redação | 22 de Abril de 2015 às 16h42

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (22) uma atualização para a pulseira inteligente Microsoft Band, que traz integração com os apps de rastreamento para bicicletas Strava e MapMyRide, bem como outros recursos de fitness com uso das informações coletadas pelo dispositivo vestível.

A integração com o Strava e o MapMyRide segue a adição da ferramenta Bike Tile, realizada em fevereiro e que permite aos usuários compartilharem os passeios monitorados a essas redes.

Outra novidade é o Microsoft Web Health Dashboard, um site que oferece aos usuários uma avaliação dos dados capturados pela pulseira. A plataforma de saúde Microsoft Health pode agora fornecer comparações com média de outros usuários, baseadas em altura e peso, para que todos possam ter uma noção mais ampla de sua condição.

É bom destacar que a empresa assegura o anonimato dos dados. Somente quem decide optar por esse serviço é que divide essas informações, garantindo, assim, a privacidade dos que não querem compartilhar essas medidas. Outro comentário importante da empresa é que as comparações são realizadas com grupos de usuários e não somente com uma pessoa específica.

O site também vai mostrar como o corpo vem se restaurando à noite durante o sono e as melhorias de saúde ao longo do tempo. A companhia diz que a pulseira agora é capaz de medir o VO2 Max, o volume máximo de oxigênio usado durante um exercício, com base em informações da frequência cardíaca. Além disso, o sistema pode analisar em quais dias e horas os exercícios são mais eficazes para cada usuário, de modo que cada um possa planejar melhor sua rotina de treinos.

Além da integração dos apps e do serviço junto ao site de saúde, a Microsoft adianta que também está trabalhando numa atualização para o app Health para Android, iOS e Windows Phone, que virá com um sensor contador de passos, já presente em vários smartphones. Com isso, os usuários poderão também contar com os comentários e análises da plataforma Health sem terem que comprar uma pulseira para isso.

Tudo bem que a atualização não traz tantos recursos como se esperava, especialmente num momento em que a competição no setor de dispositivos vestíveis vem aumentando. Contudo, mostra o desejo da empresa em se empenhar mais com a pulseira, incluindo outras plataformas. O gerente geral de novos dispositivos da Microsoft, Matt Barlow, já adiantou que está disposto a trabalhar com qualquer serviço ou sistema operacional.

Com isso, há a possibilidade da pulseira da Microsoft negociar um trabalho integrado com os produtos e serviços dos concorrentes, incluindo o Apple Watch e o HeatlhKit, da Maçã, e o Android Wear, do Google.

Via Verge e Re/Code.

Fonte: http://www.theverge.com/2015/4/22/8463533/microsoft-band-strava-mapmyride-new-insights

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.