Mercado Livre lança ERP gratuito para pequenos varejistas digitais

Por Rafael Romer | 08 de Fevereiro de 2017 às 17h03
photo_camera Divulgação

O Mercado Livre anunciou nesta quarta-feira (08) o lançamento de sua nova ferramenta de gestão gratuita para pequenos varejistas digitais, a Mercado Backoffice Express.

O ERP permitrá que micro e pequenos empreendedores de dentro do marketplace do Mercado Livre tornem suas operações mais organizadas e profissionais, economizando em até 90% o tempo gasto em atividades como gerenciamento de estoque, compras de produtos, emissão de notas, gestão financeira, expedição de produtos e íntegração.

"A gente entende que uma ferramenta desse tipo vai dar uma melhor experiência de compra ao consumidor e uma melhor experiência de vendas também", avaliou Helisson Lemos, Presidente Mercado Livre Brasil. "Facilitar e melhorar essa experiência vai gerar mais negócio para todo mundo, com isso o Mercado Livre também ganha".

O sistema esteve em desenvolvimento interno no Mercado Livre Brasil nos últimos 18 meses e é resultado direto da aquisição da KPL Soluções pela companhia, um negócio no valor de R$ 50 milhões confirmado em abril de 2015.

A Mercado Backoffice Express fará parte da nova divisão dedicada à sistemas de gestão do Mercado Livre, o Mercado Backoffice, que deixa agora oficialmente o nome KPL de lado para operar sobre a mesma identidade de outras divisões do ecossistema da empresa – ao lado do Mercado Pago, Mercado Shops, Mercado Envios e outros.

Em um primeiro momento, a solução estará disponível apenas para usuários do marketplace da empresa – ou seja, exige um CNPJ ou CPF cadastrado no Mercaod Livre para ser acessada –, mas deverá ser disponibilizada para outros pequenos comerciantes em uma "segunda fase", ainda sem data definida. A ideia é que a ferramenta seja voltada para varejistas com operações de até 300 pedidos mensais.

Para Helisson Lemos, CEO Mercado Livre Brasil, ferramenta gratuita trará benefício indiretos ao Mercado Livre ajudando o pequeno varejista de seu ecossistema a melhorar seus negócios (foto: Rafael Romer/Canaltech)

De acordo com Renato Pereira, Diretor do Mercado Backoffice Brasil, a empresa deverá integrar novas funções continuamente à Mercado Backoffice Express. No futuro, a empresa espera lançar uma nova modalidade mais completa do serviço, que poderá atender às demandas de varejistas maiores com, potencialmente, uma versão paga. Paralelamente ao Mercado Backoffice Express, a solução de ERP pago para médios e grandes varejistas ERP KPL Enterprise continuará em operação.

Hoje o Mercado Livre atua hoje em 19 países na América Latina, sendo o Brasil responsável por aproximadamente metade dos negócios da empresa - 47 milhões de internautas do país já acessaram o site. A empresa só divulgará seus resultados financeiros consolidados de 2016 em fevereiro, mas espera um crescimento consistente com os trimestres anteriores - até o terceiro trimestre do ano passado, a companhia já havia contabilizado um crescimento de 62% em relação ao ano de 2015.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.