Mercado de PCs encolhe 10%, mas vê sobrevida com o Windows 10

Por Redação | 10.07.2015 às 11:06

Após dois anos consecutivos de declínio, o mercado de PCs está preparado para um possível crescimento com o lançamento do Windows 10. Embora seja muito cedo para afirmar se isso realmente irá acontecer, as empresas de pesquisa de mercado IDC e Gartner calcularam que o mercado de PCs diminuiu 10% nos últimos anos. Com o lançamento do novo sistema da Microsoft, esperado para o dia 29 de julho, a expectativa é que as vendas de computadores apresentem crescimento, visto que muitos podem trocar seus PCs para usufruírem do novo sistema operacional.

De acordo com a IDC, "a queda nas vendas de PCs foi resultado do forte número de embarques do ano anterior, principalmente por causa do fim do suporte ao Windows XP e a redução de estoque antes do lançamento do Windows 10".

Apesar da queda, espera-se que o mercado de PCs se estabilize em breve. "Enquanto a indústria de PCs está passando por um declínio, o mercado deverá apresentar um crescimento constante em 2016", observa o Gartner. A IDC espera que o lançamento do Windows 10 seja "relativamente bom", mas adverte que muitos vão optar apenas pelo sistema operacional ao invés de comprar um novo computador. Isso porque a Microsoft permitirá que computadores com Windows 7 e Windows 8.1 recebam o Windows 10 gratuitamente até 29 de julho de 2016.

Tanto a IDC como o Gartner concordam que a Lenovo ainda é a principal fabricante de computadores do mundo, seguida pela HP e Dell, respectivamente. Já em relação ao quarto e quinto lugar no mercado de PCs, as empresas discordam. A IDC afirma que a Apple é a quarta maior fabricante de PCs graças a um impressionante aumento de 16,1% em suas vendas. Já a quinta maior fabricante de computadores, segundo a IDC, é a Acer. O Gartner, por sua vez, afirma que a taiwanesa Asus é a quarta maior fabricante de computadores do mundo.

Mesmo com a diferença referente a cota de algumas fabricantes, é nítido notar que a Apple conseguiu ampliar suas vendas de computadores. Assim, a empresa norte-americana pode ajudar a reverter a tendência de declínio no mercado de PCs.

Via The Verge

Fonte: http://www.theverge.com/2015/7/10/8927509/pc-market-declines-10-percent-ahead-of-windows-10-launch