Médicos imprimem imagem de feto em 3D para evitar cirurgia de emergência

Por Redação | 14 de Outubro de 2015 às 08h37
photo_camera Foto: Reprodução

Já imaginou poder ver e sentir o rosto e a forma do seu bebê antes mesmo dele sair da barriga? Isso talvez não seja possível tão cedo como um procedimento de rotina, mas um bebê chamado Conan Thompson teve a figura da sua cabeça impressa em 3D antes de nascer e isso salvou a sua vida.

Durante exames do pré-natal, os médicos descobriram, graças a um exame de ultrassonografia, que o bebê possuía algo em seu rosto do tamanho de uma noz que poderia impedir que ele respirasse após o nascimento. Então, para descobrir a necessidade de uma cirurgia de emergência, os médicos usaram uma impressora 3D para criar modelos da cabeça do feto.

Cabeça bebê impresso 3D

"Com base nas imagens que tínhamos, não ficou claro se a massa iria bloquear as vias aéreas de Conan após o nascimento. O modelo impresso em 3D nos permitiu ver pessoalmente o que era aquilo e ter algo em nossas mãos para nos ajudar a decidir qual a melhor maneira de tratar o bebê", explica Glenn Green, um dos médicos que trabalhou no caso.

Graças às informações obtidas a partir da impressão, os médicos descobriram que o nódulo não seria um risco e ainda evitaram que fosse feito um procedimento caro e perigoso, que envolveria uma cirurgia com o bebê ainda conectado pelo cordão umbilical.

"Eles me disseram que os modelos impressos em 3D os ajudariam a ter uma ideia mais precisa do que estava prestes a acontecer e que tipo de parto eu deveria ter", desabafa a mãe de Conan, Megan Thompson. "Estou feliz que o que fizeram por Conan pode ajudar outros bebês e suas famílias em situações similares", finaliza.

A descrição da técnica está disponível na revista científica Pediatrics (em inglês).

Fonte: TechRadar

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.