MediaTek suspende fabricação de processadores de alto padrão

Por Redação | 20 de Novembro de 2017 às 12h12
Tudo sobre

MediaTek

A MediaTek anunciou na última sexta-feira (17) que está suspendendo a fabricação de processadores para smartphones e tablets de alto padrão. A interrupção deve durar de um a dois anos e atingir apenas os dispositivos top de linha da companhia, em resposta ao desempenho bem abaixo do esperado de seu mais recente lançamento, o Helio X30.

A informação foi dada pelo diretor geral de vendas internacionais da MediaTek, Finbarr Moynihan. De acordo com ele, o mercado atual demanda uma adequação não apenas em termos de processamento, que sempre deve ser o de máxima eficiência, mas também em relação aos interesses regionais, com fabricantes investindo em modelos específicos para cada uma das regiões.

Ele aponta que o Helio X30 não foi capaz de realizar isso e deu a entender que a companhia já sabia disso antes mesmo do lançamento. Ele não deu detalhes sobre o assunto, mas um dos principais culpados aqui seria a mudança para uma arquitetura de 10 nanômetros, com a qual a fabricante não teria conseguido lidar tão bem, entregando modelos abaixo do ideal.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Prova disso seria que apenas duas fabricantes, a Meizu e a Elephone, escolheram a MediaTek como fornecedora de processadores, com o restante dos potenciais clientes preferindo as soluções da Qualcomm ou da Samsung. Essa concorrência com dois dos maiores nomes do mercado da tecnologia teria sido o principal motivo para a interrupção das atividades.

As declarações de Moynihan deixam muito a especular, pois trazem poucos detalhes. Ele fala, especificamente, sobre os dispositivos de alto padrão, o que indica que soluções de médio porte, bem como outros componentes para o mercado, continuam operando como deveriam. Além disso, o executivo deixou claro que a suspensão nas atividades deve durar no máximo dois anos, mas sem falar no que será feito durante esse período.

Já há quem enxergue, entretanto, uma relação entre a notícia e outro rumor que correu ao longo das últimas semanas. A mudança nos negócios da MediaTek poderia ter a ver com a iminente transformação da empresa na principal fornecedora de modems para iPhones e iPads, com a Apple trocando a Qualcomm, com quem trava uma agressiva batalha na justiça, pela empresa.

Isso, por si só, justificaria uma mudança completa no modelo de negócios da MediaTek. A empresa pode estar deixando de lado o mercado de processadores, pura e simplesmente, para focar na fabricação de modems e dar conta da gigantesca demanda que sempre circunda as operações da Maçã em todo o mundo.

A empresa, entretanto, não deu mais detalhes sobre sua saída do mercado de processadores de alto padrão e, muito menos, falou sobre uma possível parceria com a Apple. Os detalhes sobre a história continuam obscuros, mas uma coisa é certa: o combate no mundo dos chipsets deve se tornar ainda mais acirrado entre Samsung e Qualcomm.

Fonte: Gearburn

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.