Mark Zuckerberg tem contas no Twitter e Pinterest hackeadas

Por Redação | 06 de Junho de 2016 às 09h57
photo_camera Divulgação

Nem mesmo o fundador da rede social mais popular do mundo está imune às ações de hackers. Mark Zuckerberg viu suas contas no Twitter e no Pinterest serem temporariamente hackeadas neste final de semana. O grupo de hackers OurMine encontrou os dados de acesso do CEO do Facebook através da base de dados roubadas do LinkedIn em 2012.

"Ei, @finkd, acessamos seu Twitter & Instagram & Pinterest, estamos apenas testando sua segurança, por favor mande-nos uma mensagem", escreveu o grupo no perfil do Twitter de Zuckerberg. Como o grupo afirmou, a conta do Instagram também encontra-se em sua posse, ainda que o CEO do Facebook tenha negado que seu perfil tenha sido hackeado. No Twitter, os tuítes escritos pelo grupo foram posteriormente apagados, mas, no Pinterest, as postagens ainda encontram-se no perfil de Zuckerberg.

Hack Twitter Zuckerberg

As informações do LinkedIn vazadas em 2012 estavam codificadas, mas de uma forma aparentemente fácil de decifrar. No último mês, foi noticiado que 117 milhões de credenciais do LinkedIn foram vendidas nos mercados anônimos da dark web pelo valor de 5 bitcoins, equivalente a pouco mais de R$ 10 mil. Se você possuía uma conta no LinkedIn desde aquela época, a rede social sugere que você mude a sua senha em outras redes sociais e serviços caso utilize as mesmas informações de login.

Nos demais perfis e contas de Mark Zuckerberg na internet, nenhuma alteração ou suspeita de invasão foram verificadas. No Google+, por exemplo, a conta do cofundador do Facebook está intacta, seja porque ele usou uma senha diferente ou devido ao fato de ele ter realizado uma verificação de segurança no perfil. No Facebook, um porta-voz da rede social declarou que "nenhum sistema do Facebook ou contas foram acessados".

Via VentureBeat

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.