Manifestantes se reúnem em apoio à Apple contra pedido da justiça dos EUA

Por Redação | 18.02.2016 às 10:15

Depois de ter negado às autoridades dos Estados Unidos o cumprimento de uma ordem para quebrar a criptografia do iPhone de um dos atiradores do Massacre de San Bernardino, em dezembro de 2015, a Apple tem ganhado o apoio de parte do público por lutar a favor da privacidade dos usuários.

Apesar de ser uma decisão impopular entre as autoridades, que irá lhe custar uma nova batalha judicial, a Maçã ganhou o apoio do público e até mesmo do Google, que também encara a decisão como uma violação da privacidade e dos direitos do usuário. Parte desse público reuniu-se em uma manifestação favorável a companhia de Cupertino em frente a sua loja em São Francisco, na Califórnia.

O grupo de defesa dos direitos na Internet, Fight for the Future, esteve presente na manifestação com cartazes e adesivos em seus iPhones que tinham como dizeres o não apoio a invasão do dispositivo requerido pelas autoridades. Segundo o cofundador do grupo, Holmes Wilson, casos como esse são "um grande problema sobre o futuro da segurança online". Ele ainda acrescentou que "os governos nunca estiveram em uma posição melhor para obter dados sobre alvos".

Muitos acreditam que a manifestação tenha sido algo desnecessário, mas certamente o apoio à Apple pode ajudá-la a ser ainda mais intransigente quanto a não abrir mão do direito à privacidade de seus usuários durante o processo judicial e em casos que poderão vir a acontecer futuramente.

Fonte: Apple Insider

Fonte: http://www.ubergizmo.com/2016/02/apple-store-protestors-stand-up-for-privacy/?utm_source=mainrss