Lucro trimestreal da Apple aumenta graças às vendas dos iPhones

Por Redação | 22 de Julho de 2015 às 10h10
photo_camera Divulgação

A Apple apresentou um lucro líquido de US$ 10,7 bilhões no terceiro trimestre fiscal de 2015, de acordo com o relatório divulgado pela companhia nesta terça-feira (21). No mesmo período do ano passado, o lucro apresentado foi de US$ 7,7 bilhões.

O crescimento de 38% se deve, novamente, à alta demanda dos últimos iPhones lançados pela companhia, o 6 e 6 Plus, além do aumento dobrado das vendas do aparelho na China. Até o dia 27 de junho foram vendidos 47,4 milhões de iPhones, o que representa uma alta de 35% em relação ao mesmo período do ano passado e mais do que o dobro da quantidade de aparelhos vendidos há cerca de quatro anos.

Os ganhos da Apple chegaram a níveis recordes graças ao seu smartphone. Somente no último trimestre, os iPhones representaram 63% das vendas totais da companhia, sendo 10% a mais do que o mesmo período do ano passado.

Em uma comparação anual, a receita da Maçã subiu 33%, chegando a US$ 49,61 bilhões. As vendas dos iPhones aumentaram 59%, atingindo US$ 31,37 bilhões, e o preço médio de venda do dispositivo móvel teve um acréscimo de mais de US$ 100, custando cerca de US$ 662,42.

O bom desempenho do iPhone, no entanto, não foi suficiente para fazer com que o iPad passasse despercebido. O tablet da companhia mais uma vez apresentou um desempenho fraco, com uma queda de 18% nas vendas. Esse é o sexto trimestre seguido em que o aparelho fecha em queda.

Sobre as vendas do Apple Watch, a companhia da Maçã não quis divulgar detalhes, mas garante que o produto teve um ótimo começo.

De acordo com analistas, a previsão era de que a Apple atingisse uma receita de US$ 49,43 bilhões.

Fonte: Ars Technica, Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.