Loja da Apple em Cingapura usará somente energia solar

Por Redação | 16 de Novembro de 2015 às 12h42

A Apple se prepara para abrir a sua primeira loja no sudeste asiático, mais precisamente em Cingapura, um dos países mais desenvolvidos da região. Segundo a agência Reuters, todas as operações da companhia realizadas na região funcionam com energia solar. A opção por energias renováveis vigorará em todas as operações da Maçã no país (loja e campus).

A loja começa a funcionar em janeiro de 2016 e a parte energética do ambiente fica por conta do Sunseap Group, empresa que oferece energia renovável para mais de 800 ambientes diferentes em toda a Cingapura. A energia da Apple no país asiático virá de painéis solares posicionados no topo de prédios públicos e da própria companhia, gerando energia suficiente para sustentar 9 mil casas (cerca de 50 megawatts).

O projeto faz parte da iniciativa da Apple a fim de utilizar estruturas mais sustentáveis em todas as suas lojas ao redor do mundo. Em outubro, a empresa anunciou que construiria usinas de energia solar com capacidade para 200 megawatts na China, quantidade que seria complementada por outros fornecedores a fim de tornar as lojas da Maçã “mais verdes”.

A Reuters informa ainda sobre o sítio de fornecimento de energia que a Apple se comprometeu a construir na Califórnia, nos Estados Unidos, a fim de abastecer algumas de suas instalações, inclusive o novo campus da empresa no Vale do Silício.

Fonte: Reuters