LG planeja produzir seus próprios chips mobile em fábricas da Intel

Por Redação | 17.08.2016 às 08:46

A LG pretende dar um novo - e grande - passo em seu setor de chips para smartphones. Deixando a Qualcomm, a atual fornecedora de SoCs para seus aparelhos, a empresa sul-coreana pretende entrar de vez na produção de chips mobile. A informação veio do fórum de desenvolvedores da Intel, que aconteceu em São Francisco, Califórnia, nesta terça-feira (16).

A empresa pretende usar as fábricas da Intel para dar seguimento a seus planos, numa tentativa de ampliar sua força na concorrência com outras marcas, como a Samsung, que já produz seus próprios chips.

A LG pode aproveitar a nova versão de chips da Intel que será lançada no próximo ano, que serão produzidos em litografia de 10 nanômetros. Usar chips próprios pode ter custos e vantagens e ainda não se sabe exatamente aonde a empresa os empregaria. É óbvio que eles poderiam equipar os smartphones e demais dispositivos móveis da marca, mas a empresa deve começar de maneira menos abrangente e mais discretamente.

Movimento semelhante

Além da Samsung, Apple e Huawei também produzem chips próprios, com destaque para a sul-coreana Samsung que não só fabrica material para seus próprios dispositivos como também para outras marcas, como a empresa responsável pelos iPhones e a Qualcomm, tornando-se uma expoente na produção de semicondutores.

Se a LG será tão bem-sucedida quanto a sua conterrânea, só o tempo dirá.

Fonte: Re/Code