LG confirma rumores e anuncia seu sistema de pagamento móvel

Por Redação | 19.11.2015 às 14:25

Há alguns meses temos nos deparado com diversos rumores referentes à entrada da LG no mercado de pagamentos móveis. Até então, tudo não passava de especulações. Mas, hoje a LG confirmou que está trabalhando no desenvolvimento de seu próprio sistema. A fabricante sul-coreana seguiu a mesma tendência de seus concorrentes, adotando o nome de LG Pay. O serviço concorrerá diretamente com os serviços Apple Pay, Samsung Pay e Android Pay.

A empresa fez seu anúncio no Facebook, onde relata que está trabalhando em parceria com as empresas Shinhan Card e KB Kookmin Card, duas financeiras da Coreia do Sul. Inicialmente, o LG Pay estará disponível apenas no país de origem da empresa, não havendo previsão para o lançamento internacional. No entanto, a LG prometeu dar mais detalhes sobre o funcionamento do serviço, bem como a disponibilidade do mesmo nas próximas semanas.

It’s official! We have partnered with Shinhan Card and KB Kookmin Card to prepare for the launch of LG Pay. (From left:...

Posted by LG Mobile on Quarta, 18 de novembro de 2015

É fácil entender por que a LG e outras fabricantes de smartphones no mundo todo estão ansiosas para entrarem no mercado de pagamentos móveis. A cada compra realizada pelos usuários do serviço de pagamento, as empresas recebem uma pequena parcela. Apple e Samsung já estão medindo forças neste mercado há alguns meses e a entrada da LG deverá aquecer ainda mais a concorrência.

Lançar o serviço inicialmente a Coreia do Sul, onde a LG continua sendo um dos principais fabricantes de celulares, parece ser uma escolha acertada da empresa. Apesar disso, ela entra com uma grande desvantagem em relação a Apple e Samsung — que já estão presentes há mais tempo como alternativa de pagamentos móveis para os usuários. Agora, resta esperarmos para obtermos mais informações sobre a disponibilidade e funcionamento do LG Pay.

Via SlashGear

Fonte: http://www.slashgear.com/lg-makes-lg-pay-official-will-be-south-korea-only-for-now-19415266/