Lenovo lança Moto M, smartphone para superar o Moto G

Por Redação | 13.12.2016 às 17:27
photo_camera Divulgação

Chegou ao mercado internacional - mais especificamente o mercado asiático - o Moto M, nova linha de smartphones intermediários da marca. Entretanto, a promessa de um celular de desempenho impressionante por um valor inferior ao top de linha Moto Z não foi cumprida com tanto sucesso, isso se observarmos as especificações do aparelho.

Alguns dos principais rumores para o Moto M acabaram não sendo verdade, como foi o caso da bateria. Informações prévias sugeriram que o modelo viria com uma bateria reforçada com 5,100 mAh, o que colocaria o telefone acima de muitos outros intermediários neste departamento. No final das contas, ele veio com uma bateria de 3,050 mAh.

À parte da bateria, o Moto M vem com versões com 3GB ou 4GB de RAM, assim como uma câmera traseira de 16 megapixels, configurações respeitáveis para um telefone da faixa intermediária. O processador é um MediaTek Helio P15 de oito núcleos.

O aparelho, que vem com um corpo todo em metal, o que dá um acabamento mais premium, vem om um display LCD de 5,5 polegadas, com resolução 1080p e opções com 32GB ou 64GB de armazenamento.

Por fim, ele tem suporte para dual SIM, 4G VoLTE, Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth v4.1, GPS, USB tipo C, NFC, e entrada de fones de ouvido 3.5mm. O sistema operacional é o Android 6.0.1 Marshmallow, mas a Lenovo deverá oferecer atualização para o Nougat.

Apesar do aparelho já estar listado para venda em países como China e Índia, ainda não se sabe se o Moto M virá para o mercado ocidental, podendo ocupar um lugar entre a mais econômica linha Moto G e a premium Moto Z. No mercado chinês, o Moto M sai por cerca de US$ 295.

Fonte: Digital Trends