Siga o @canaltech no instagram

Kaz Hirai, ex-CEO e chairman da Sony, anuncia aposentadoria

Por Rafael Arbulu | 28 de Março de 2019 às 10h46
Divulgação
Tudo sobre

Sony

Saiba tudo sobre Sony

Ver mais

Um dos mais renomados executivos do universo do entretenimento, Kazuo “Kaz” Hirai anunciou a sua aposentadoria. Famoso por chefiar a divisão da marca PlayStation e levar a Sony de volta à lucratividade após um período de extensos prejuízos, Hirai trabalhou na empresa por 35 anos e, entre 2012 e 2018, foi o CEO de toda a corporação, sucedido pelo atual líder Kenichiro Yoshida.

“Kaz” juntou-se à Sony em 1984, começando a sua carreira como um executivo de contas da área de marketing da antiga Sony Music Entertainment Japan. Em 1995, ele foi transferido para a Sony Computer Entertainment America, assumindo o posto de vice-presidente para a linha de produtos PlayStation, logo abaixo de Ken Kutaragi, o criador do console original. Sob sua tutela, o PlayStation tornou-se uma das principais marcas do universo dos videogames.

Kaz Hirai, durante uma de suas inúmeras apresentações na E3

Quando assumiu o posto de CEO, em 2012, Hirai foi o responsável por tirar a Sony de um prejuízo de quase US$ 6,5 bilhões, levando-a, ao longo de cinco anos, à lucratividade de US$ 6,7 bilhões no ano fiscal de 2017, após promover cortes de custos e reajustar o foco da empresa para o setor de gaming, até então a única divisão da Sony ainda “no azul”.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Desde que passei o bastão de CEO para Yoshida-san, em abril [2018], como o Chairman da Sony, eu tive a oportunidade de, ao mesmo tempo, assegurar uma transição fluída e oferecer apoio à toda a equipe de gestão da Sony. Eu estou confiante de que todos na corporação estão completamente alinhados sob a forte liderança de Yoshida-san, prontos para construir um futuro ainda mais brilhando para a Sony. Assim sendo, eu decidi deixar a empresa, a qual foi parte integral da minha vida pelos últimos 35 anos. Eu gostaria de estender a minha mais calorosa gratidão a todos os nossos colaboradores e acionistas, que me apoiaram por toda essa jornada”, disse o executivos, em comunicado.

Hirai deixará a empresa no dia 18 de junho, continuando a servi-la sazonalmente como consultor. Sua única “falha” como líder da Sony foi a de não conseguir reverter a divisão mobile da empresa, que ainda opera em prejuízo mesmo hoje. Ainda assim, suas políticas deixaram a Sony em uma posição muito mais confortável do que há alguns anos.

Fonte: Sony

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.