iOS continua perdendo mercado na China; participação do Android só aumenta

Por Redação | 06.09.2016 às 09:12
photo_camera GameFM

De acordo com os últimos números da Kantar Worldpanel ComTech, empresa que estuda e analisa o comportamento dos consumidores, a participação de mercado do iOS na China caiu 4,4%, chegando a 14,3% no final de julho. Paralelamente, o Android ampliou sua fatia de mercado em 5,6%, atingindo a marca de 85%, maior percentual de todos os tempos do sistema operacional do Google. Apesar disso, a consultoria aponta que existe algo bom para a Apple nisso tudo.

"No entanto, 33% dos iOS instalados atualmente são em dispositivos iPhone 6 ou 6 Plus, representando uma grande oportunidade para o sistema operacional voltar a crescer nos próximos meses com o lançamento dos novos telefones", afirma Tamsin Timpson, diretor estratégico da empresa de pesquisa. Essa é uma visão otimistas, considerando que, em geral, atualmente as pessoas estão ficando cada vez mais tempo com seus smartphones antes de trocá-los por um novo. Além disso, os novos iPhones que deverão ser apresentados nesta quarta-feira (07) provavelmente não trarão nenhuma grande novidade que justifique um upgrade da geração anterior.

Outro fator que está dificultando a vida da Maçã no país mais populoso do mundo é o número crescente de fabricantes de smartphones de baixo custo. Ainda assim, a Apple continua em terceiro colocado no ranking das empresas que mais vendem celulares por lá, atrás apenas da Huawei, com 27,6% de participação no mercado, e da Xiaomi, com 18,5%. Curiosamente, a Kantar não incluiu os valores da participação da Samsung nesse relatório, o que deixa essas informações um tanto quanto duvidosas.

Nos outros lugares do mundo as notícias foram melhores para o iOS. Nos Estados Unidos, o sistema atingiu 31,3% dos smartphones vendidos, representando um crescimento de 1,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto isso, o Android caiu 0,6%, estacionando sua participação de mercado em 65%. Interessante notar que a Kantar afirma que o iPhone 6s é o smartphone mais vendido dos Estados Unidos, com 11% das vendas totais. Mas o iPhone 6, que a Apple afirmou que descontinuaria com a nova leva de lançamentos, ainda representa 4,1% das vendas no país. Talvez a estratégia da Apple mude desta vez.

Via: VB