Investidores do Yahoo apoiam mudança no conselho da empresa

Por Redação | 31 de Março de 2016 às 16h11

Alguns investidores, impacientes com o longo processo de venda de ativos do Yahoo, estão enxergando com bons olhos a campanha do fundo ativista Starboard Value para a substituição do conselho administrativo da empresa liderada por Marissa Mayer. O fundo, que detém atualmente 1,7% do Yahoo, já afirmou que tem interesse em remover os conselheiros da companhia dos cargos.

Mesmo após quatro anos de liderança de Marissa Mayer, a empresa continua enfrentando sérias dificuldades para conseguir relevância no mercado de publicidade. As receitas da empresa não estão animando os investidores, que querem uma mudança significativa na postura da companhia. Segundo a Reuters, investidores com diversas estratégias de investimentos gostaram da medida tomada pela Starboard. Eles acreditam que a campanha do fundo para a substituição do conselho pode provocar as mudanças necessárias.

Alguns investidores disseram que nunca tiveram entusiasmo com Mayer e que investiram na empresa por outros fatores. "Nós não éramos necessariamente fãs de Mayer, mas somos fãs do futuro do Alibaba e de outras partes do Yahoo", disse Jeff Lignelli, executivo-chefe da Incline Global Management, que começou a comprar ações do Yahoo há cerca de dois anos.

Analistas afirmaram que, após anos de fracassos ao restabelecer o crescimento do Yahoo, a atual administração da empresa tem um problema de credibilidade com os investidores. Sendo assim, a troca de cargos na empresa é vista com bons olhos. Em fevereiro, o Yahoo afirmou que iria se desfazer de seu principal negócio, ao mesmo tempo em que iria tentar dividir sua participação no Alibaba e no Yahoo Japan do resto da empresa. Atualmente, o Yahoo detém 15,27% do Alibaba e 35,49% do Yahoo Japan.

Na semana passada, o Yahoo definiu a data limite de 11 de abril para lances preliminares, que poderiam gerar um acordo de venda até junho ou julho. A ideia da Starboard de vender o negócio central da empresa – que inclui buscas, email e notícias – está em linha com o plano de Marissa Mayer, que deseja garantir um processo de venda completo e justo.

Via Reuters

Fonte: http://www.reuters.com/article/us-yahoo-investors-idUSKCN0WX13X?feedType=RSS&feedName=technologyNews

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!