Intel diz que seus processadores continuam à frente da Samsung e TSMC

Por Redação | 29 de Março de 2017 às 17h42

Apesar do lançamento da nova geração de processadores Intel, Cannon Lake, estar mais que atrasado, a gigante da tecnologia fez questão de mostrar a diferença de seus novos chips em relação aos concorrentes Samsung e TMSC.

Vale lembrar que essas companhias já produzem chips de 10 nm, o que aparentemente estava deixando a Intel para trás. Porém, a fabricante garantiu que seus processadores serão superiores à concorrência, graças ao hyper scaling, que permite o dobro de transistores.

De acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (29), essa vantagem produzirá, aparentemente, desempenho 25% maior e 45% a menos de consumo de energia, quando comparados com os atuais processadores Kaby Lake.

A novidade mostra, ainda, que a Intel tem grandes esperanças de que a geração Cannon Lake estenda a vida útil da Lei de Moore, que parecia estar chegando ao fim. Com a atualização, porém, a companhia demonstra expectativas bastante positivas.

Outra aposta da companhia é a melhoria da tecnologia (com 10+ e 10++), visando a evolução dos chips de 10 nanômetros para alcançarem desempenho 15% maior. Como se não bastasse, a Intel já afirma que espera construir chips de 10 nanômetros por cerca de três anos antes de passar para chips de 7 nanômetros. Definitivamente a fabricante está animada com o futuro.

Fonte: DigitalTrends