Intel anuncia crescimento anual de 9% em suas receitas e bate recorde

Por Redação | 19 de Outubro de 2016 às 08h35
photo_camera Divulgação

A Intel divulgou nesta terça-feira (18) seus ganhos relativos ao trimestre fiscal que foi de julho a setembro deste ano. Segundo a empresa, sua receita cresceu 9% no comparativo ano a ano, enquanto o lucro líquido subiu 8,7%.

Em cifras, a receita saltou de US$ 14,47 bilhões há um ano para US$ 15,8 bilhões - um aumento interessante diante do recuo incessante nas vendas de computadores pessoais. Apesar disso, foram os setores de segurança, data center e Internet das Coisas os responsáveis por puxar a alta. Para se ter uma ideia, sozinho, o segmento de data centers arrecadou US$ 4,5 bilhões - alta de 13% no ano.

Em relação aos lucros, a empresa disse ter valorizado suas ações em 69 centavos de dólar no período, subindo seu lucro líquido de US$ 3,1 bilhões para US$ 3,38 bilhões neste trimestre - alta de 8,7%.

Apesar dos bons números, as projeções da companhia não são das melhores. Atualmente, os chips que a empresa fornece ainda são sua maior fonte de receita, mas ela já deu início a uma estratégia para cortar essa dependência e que pretende demitir 12 mil funcionários até meados de 2017.

Diante disso, a expectativa é que haja gastos relacionados às demissões, o que faz a Intel projetar receitas entre US$ 15,2 bilhões e US$ 16,2 bilhões para o quarto trimestre deste ano - ou seja, no pior cenário a empresa deixaria de arrecadar cerca de US$ 600 milhões. Analistas, entretanto, preveem que as receitas atinjam US$ 15,9 bilhões.

Via ISTO É Dinheiro, IP News

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.