Indiegogo lança serviço para grandes empresas testarem aceitação de produtos

Por Redação | 07 de Janeiro de 2016 às 14h11

A Indiegogo tem ajudado vários empreendedores a colocarem suas ideias em prática, levantando investimento inicial necessário para começarem seus próprios projetos. Dessa vez, no entanto, a empresa está lançando um novo serviço destinado para um outro tipo de público. O Enterprise Crowdfunding irá auxiliar grandes empresas a testarem novos produtos para o público, a fim de que as companhias saibam qual é a aceitação do mercado.

Neste projeto, a Indiegogo irá trabalhar inicialmente com a General Electric, Harman International Industries, Hasbro e Shock Top. Vale lembrar que essas empresas estão inseridas na lista da Fortune 500. Slava Rubin, CEO da Indiegogo, comparou a nova estratégia adotada pela empresa ao Facebook, que apesar de permitir que qualquer corporação possa anunciar em sua rede social, oferece serviços em parceria com as companhias mais importantes.

Ainda que o princípio inicial do crowdfunding seja de permitir que pequenas startups e empreendedores possam financiar suas ideias graças à colaboração e o dinheiro dos consumidores interessados, é cada vez mais comum ver grandes empresas se inserindo neste meio para testar a aceitação de seus produtos mais arriscados. Para Rubin, essa mudança faz parte da transformação do conceito de crowdfunding.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Indiegogo irá fornecer às empresas por meio do programa Enterprise Crowdfunding análises de dados, promoções, suporte e conselhos estratégicos essenciais para que as elas possam ter a exata ideia se seus produtos foram ou não bem aceitos pelo público. As empresas que já estão em parceria com a Indiegogo já estão testando o programa desde o ano passado.

Para ela, as campanhas de grandes empresas têm potencial de serem mais bem-sucedidas, gerando mais receita e trazendo mais usuários ao serviço.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.